Rolling Stones: Charlie Watts teve funeral modesto, revela ex-empresário

Funeral modesto 'reflete perfeitamente o homem que Charlie Watts era,' explicou Sam Cutler

Felipe Grutter (com supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 15/09/2021, às 08h45

None
Charlie Watts (Foto: Kevin Winter/Getty Images)

Charlie Watts, baterista dos Rolling Stones morto aos 80 anos em 24 de agosto de 2021, teve funeral modesto em Devon, revelou Sam Cutler, ex-empresário de turnê (via NME). O músico passou por um procedimento médico não revelado semanas antes da morte dele - e isso o fez desistir da turnê do grupo britânico pelos Estados Unidos.

Cutler, quem trabalhou com Watts pela primeira vez na década de 1960, detalhou a pequena cerimônia, e explicou como a “falta de barulho” combinava com o baterista notoriamente tímido. "Isso reflete perfeitamente o homem que ele era, e entendo perfeitamente a escolha feita. Ele teria odiado um rebuliço e o significado da comoção em envolver o público," afirmou em artigo escrito ao The Mirror.

+++LEIA MAIS: Rolling Stones: Lars Ulrich, do Metallica, relembra importância de Charlie Watts: 'Não percebiam o quão valioso era'

No mesmo texto, o ex-empresário disse ter certeza que Watts aprovaria Rolling Stones continuarem com as datas da turnê No Filter em setembro de 2021 nos EUA, mesmo sem a presença dele. "Cada show se tornará uma homenagem a um homem notável e amado, porque não há como não continuarem sendo a maior banda de rock 'n' roll do mundo."

Após a notícia da morte de Charlie Watts, Mick Jagger, Keith Richards e Ronnie Wood, integrantes dos Rolling Stones, compartilharam homenagens nas redes sociais. Wood compartilhou um texto emocionante: "Amo você, meu companheiro geminiano. Afetuosamente sentirei saudades. Você é o melhor."

+++LEIA MAIS: Foo Fighters faz homenagem a Charlie Watts, dos Rolling Stones, em apresentação do VMA 2021; veja