Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

'Sabotage era versátil e profeta além do tempo', diz filha sobre 50 anos do rapper

Em 2023, Sabotage completaria 50 anos; família prepara projeto especial com disco inédito, livro, filme e muito mais

Redação Publicado em 18/04/2023, às 15h55

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Sabotage (Foto: Acervo Família / Divulgação Som Livre)
Sabotage (Foto: Acervo Família / Divulgação Som Livre)

No anúncio do projeto Sabotage 50 anos, família do lendário rapper brasileiro, que morreu no dia 24 de janeiro de 2003, revelou como lançará filme, livro, curtas, disco inédito (com parceria da gravadora Som Livre), exposição imersiva, série de curtas, linhas de roupas, acessórios e itens de papelaria.

Durante entrevista à Rolling Stone Brasil, Tamires Rocha, filha de Sabotage, comentou a importância dele para o rap e como era diferenciado. Questionada sobre o motivo do cantor seguir relevante até hoje, com letras tão atuais, ela respondeu:

+++LEIA MAIS: Sabotage 50 anos: rapper será celebrado em disco inédito, filme, livro e mais

"Isso era surpreendente, ele tinha uma mente surreal. As músicas dele são realmente muito atuais. Se eu parar para ouvir agora, ele vai falar comigo em alguma canção, vai me dar algum conselho, vai falar coisas que ouvi ontem e coisas que verei amanhã," afirmou.

"Quando você canta verdadeiramente a sua realidade, não importa quando foi escrito, a sua verdade vai ser sempre entoada e é isso que ele fazia: cantava a realidade, o que ele e as pessoas viviam," continuou Tamires. "Meu pai era um compositor que cantava a minha realidade, contava a história de alguém, como da mãe dele, do pai dele, da vitória de vida. A gente se identifica, por isso é muito atual."

É como alguns artistas que cantam falam: Sabotage era um profeta. Ele tinha a visão daquilo que já estava acontecendo e sabia de coisas que iriam acontecer.

+++LEIA MAIS: O único rapper bilionário na atualidade, segundo a Forbes

Além disso, a filha de Sabotage relembrou como toda essa qualidade dela na música vinha das atitudes dele diariamente, ouvindo diversos gêneros, assim como o contato com outros ritmos e culturas. "Ele era muito versátil. Cresci com meu pai ouvindo músicas que hoje eu fico: 'Caraca, ele ouvia isso mesmo!' Muita coisa que as pessoas ficam surpresas. Ele ouvia de tudo," disse.