The Smiths: Johnny Marr desabafa sobre conflito com Morrissey: 'Muito diferentes'

Ex-colegas de banda, Johnny Marr e Morrissey não possuem amizade após fim dos Smiths

Dimitrius Vlahos (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 13/01/2022, às 13h05

None
Johnny Marr e Morrissey (Fotos: Getty Images)

Johnny Marr explicou conflitos com Morrissey em entrevista à Uncut Magazine (via NME). Apesar de possuir boa relação com maioria dos músicos com quem trabalhou, o guitarrista não consegue manter contato com antigo colega de banda nos Smiths.

"Bandas são como um exército de parceiros em um submarino, mas com muita pressão, esquisitice e estresse," Marr justificou. Lealdade é o fator mais importante para manter essas relações, e isso não aconteceu com o grupo britânico, segundo ele.

+++ LEIA MAIS: The Smiths tinha 'ponto cego' com mídia e notoriedade, diz Johnny Marr

O guitarrista mencionou como colaborou com muitas bandas, continuando próximo dos colegas: "Não é uma surpresa quando falo da minha intimidade com quem trabalhei - exceto pelo óbvio. Não é surpresa, porque eu e Morrissey somos muito diferentes."

Os Smiths continuam como tema delicado para Johnny, apesar de amar a formação e primeiros anos do grupo. Com outros músicos, mesmo aqueles com mais diferenças pessoais, Marr afirma que pode "fazer uma ligação e retomar de onde pararam," diferente da relação com o ex-vocalista.

+++ LEIA MAIS: Brandon Flowers diz separar o que diz Morrissey da arte dele: ‘Não vou destruir mais discos do The Smiths’

Todos com quem trabalhei foram ótimos. O único projeto que deu merd* foi The Smiths. É uma pena, mas acontece. Odeio falar da banda com esses termos, a banda que amei. Mas vamos olhar por esta perspectiva.

Apesar das controvérsias políticas envolvendo Morrissey, Marr não teme ver o legado da banda manchado: "Nada pode mudar a história. Não estou preocupado. Não tem relação com meu mundo e minha vida. As músicas estão lá para as pessoas julgarem, se identificarem e ouvirem."

O autor de "Everyday Is Like Sunday" demonstrou apoio à extrema direita após fim dos Smiths, gerando críticas por parte do público.

+++ LEIA MAIS: Noel Gallagher quer gravar disco com covers do The Smiths

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Johnny Marr (@johnnymarrgram)