Soulja Boy chama Kanye West de 'covarde' por cortar parceria de Donda

Donda chegou às plataformas digitais no domingo, 29 de agosto

Redação Publicado em 31/08/2021, às 09h03

None
Kanye West (Foto: Dimitrios Kambouris/Equipe) | Soulja Boy em 2017 (Foto: Paul A. Hebert/Invision/AP)

No domingo, 29 de agosto, o décimo disco de estúdio de Kanye West, Donda, chegou às plataformas digitais. Com 27 faixas, o álbum apresentou uma série de parcerias - algumas delas já haviam sido reveladas nas audições realizadas para promoção do projeto, via NME. No entanto, Soulja Boy não apareceu na tracklist e chamou West de "covarde" por cortar a colaboração sem aviso.  

Dentre as colaborações, o rapper Soulja Boy e a cantora Ariana Grande também deveriam aparecer no disco, mas não foram citados quando os créditos completos de Dondaforam revelados, segundo o NME. Ao TMZ, Soulja Boy falou sobre a frustração de não ser notificado acerca da remoção da parceria do álbum, chamando Kanye de “covarde” pela atitude.

+++LEIA MAIS: Kanye West recria casamento com Kim Kardashian em apresentação de Donda; veja

Donda chegou acompanhado de uma polêmica: em publicação no Instagram, KanyeWest afirmou que o álbum foi lançado sem a autorização dele: "[A gravadora] Universal soltou meu disco sem a minha aprovação e bloquearam 'Jail pt 2' de estar no álbum," escreveu o rapper. 

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por ye (@kanyewest)

 

Soulja Boy, porém, não comprou essa história: "Você sabe, com certeza que Kanye não vai deixar ninguém lançar seu álbum sem sua permissão. Apenas diga que você fod** tudo e me deixou fora do disco," disse ao TMZ

+++LEIA MAIS: Por que Kanye West quase cortou colaboração com Chance The Rapper em 'Ultralight Beam'?

O rapper também disse que falou sobre o assunto apenas para explicar a perspectiva dele acerca do corte da parceria. Ainda, acrescentou que não seria contra colaborar com Kanye West novamente no futuro: "No que diz respeito à música, estou sempre aberto para criar," afirmou. 

Feito em homenagem à mãe, Donda West, o álbum conta com 27 faixas e colaborações de diversos artistas, como The Weeknd, Jay-Z, Travis Scott, Kid Cudi, Pusha T e uma participação póstuma de Pop Smoke, morto em fevereiro de 2020 após assalto na casa dele em Los Angeles.

+++LEIA MAIS: Fãs de Drake vandalizam casa de infância de Kanye West; entenda


+++ CONFIRA TUDO SOBRE A BANDA 5 SECONDS OF SUMMER!