Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

The Blues Foundation elege nomes para a honraria 'Keeping the Blues Alive'

Artistas, organizações e jornalistas responsáveis por "manter o blues vivo" receberam prêmio em janeiro

Redação Publicado em 12/05/2023, às 12h09

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
The Blues Foundation (Foto: Divulgação)
The Blues Foundation (Foto: Divulgação)

The Blues Foundation (Fundação do Blues) anunciou nomes escolhidos para receber o prêmio 'Keeping the Blues Alive' (Mantendo o Blues Vivo, em tradução livre). Conforme noticiado pela Billboard, a honraria é concedida a artistas, organizações, radialistas e outros que carregam o nome e história do gênero até os dias atuais.

A cerimônia aconteceu em janeiro deste ano, em Memphis, nos Estados Unidos. O local histórico para o blues também recebeu performances, palestras, exibição de filmes e seminários - parte da série International Blues Challenge promovida pela fundação.

+++ LEIA MAIS: Best of Blues and Rock 2023: Buddy Guy virá ao Brasil em turnê de despedida

Confira as instituições que receberam a honraria:

The Little Village Foundation

Criada pelo tecladista Jim Pugh, a organização foca na descoberta de novos talentos, a maioria deles com base no blues.

John Guregian

Responsável por levar o blues ao público com seu programa de rádio Blues Deluxe, John está envolvido com o gênero há 40 anos. 

Marilyn Stringer

Marilyn é um dos mais importantes fotógrafos a documentar o blues atualmente. Desde 2006, fotografou os maiores festivais de blues nos Estados Unidos e publicou três livros sobre o estilo musical.

The Sierre Blues Festival

Nascido como um bar na Suíça, a organização cresceu com apoio de voluntários e da Fundação do Blues e alcançou o nível de um grande festival de três dias dedicado ao blues. 

Franky Bruneel

Aos 15 anos, Franky começou seu programa de rádio sobre blues na Bélgica. Ele também foi responsável por organizar shows e criou uma relação com os artistas dos Estados Unidos para turnês na Europa.

Ron Wynn

Ron escreve sobre blues e jazz desde 1980, como jornalista e crítico musical. Atualmente, escreve para o Nashville Scene, Tennessee Tribune, Tennessee Jazz and Blues Society, e Jazz Times, além de outros sites e publicações.

Blue Front Cafe

Desde 1948, quando foi aberto por uma família, o café conta com performances de blues toda semana. Além disso, é uma das bases do Bentonia Blues Festival, que começou em 1972.

Teddy’s Juke Joint

Um dos últimos juke joints do Chitlin’ Circuit, foi criado no lar de infância de Lloyd “Teddy” Johnston. O bar servia de ponto de ensaio para grupos gospel, que logo se tornaram bandas de blues.