Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Twenty One Pilots: O que esperar do show do duo na GPWeek?

GPWeek marca terceira vinda de Twenty One Pilots ao Brasil

Josh Dun e Tyler Joseph foram Twenty One Pilots (Foto: Matt Winkelmeyer/Getty Images for MTV)
Josh Dun e Tyler Joseph foram Twenty One Pilots (Foto: Matt Winkelmeyer/Getty Images for MTV)

Twenty One Pilots é uma das principais atrações na GPWeek, festival que acontece no Allianz Parque no próximo sábado, 12, e um dos shows mais aguardados. Formado por Tyler Joseph (vocal, baixo, piano e guitarra) e Josh Dun (bateria e trompete), o duo estadunidense veio ao Brasil outras duas vezes, em 2016 e 2019, ambos anos foram no Lollapalooza Brasil.

Não é à toa que existem altas expectativas para a apresentação da banda no evento, visto que Twenty One Pilots sempre se destaca pelos festivais nos quais participa, seja headliner ou não, e os solo sempre são bem-avaliados. Veja abaixo, o que esperar da apresentação do duo em São Paulo:

+++LEIA MAIS: Twenty One Pilots: Por que Tyler Joseph vendeu parte dos direitos das músicas?


Banda de apoio

Entre 2011 e 2021, os shows da banda aconteciam apenas com Tyler Joseph e Josh Dun, apenas com um ou outro músico participando de alguns atos. No entanto, após o lançamento de Scaled and Icy, sexto disco de estúdio do projeto, o duo passou a ter uma banda de apoio nos shows ao vivo.

Os integrantes novos do grupo são Skyler Acord (baixo), Todd Gummerman (teclado e guitarra), Dan Geraghty (guitarra) e Jesse Blum (trompete) - este último já participou de outros shows do Twenty One Pilots, como uma icônica performance de "Fall Away."

+++LEIA MAIS: Qual é um dos momentos favoritos da carreira do Twenty One Pilots?


Setlist de show solo

Segundo a programação da GPWeek publicada nas redes sociais, Twenty One Pilots toca às 19h, duas horas e meia antes de The Killers. Contando tempo de montagem e desmontagem dos cenários dos palcos, o show do duo deve ter cerca de duas horas, duração de uma performance solo, com mais músicas. Porém, ainda é possível que o público veja um setlist de festival, com pouco mais de uma hora.


Grande festa dos fãs

Como aconteceu no Lollapalooza Brasil de 2009, fã-clubes da banda organizaram algumas ações para o público fazer durante o show na GPWeek. Por exemplo, ao invés de usar luzes brancas da lanterna de celular, surgiu a proposta de usar luzes rosas e azuis, por conta da estética de Scaled and Icy, durante "Mulberry Street."

+++LEIA MAIS: Twenty One Pilots: Banda diz que 'pertence' ao topo dos line-ups de festivais: 'É uma honra'


'Loucuras' de Tyler Joseph

No palco, Tyler Joseph fica bastante eufórico e comete algumas "loucuras." No Lollapalooza Brasil de 2016, o cantor e compositor subiu nas estruturas enormes do palco principal. Em 2019, ele subiu nos andaimes que ficam em cima da mesa de som.

Na turnê atual, o artista, ao invés de "surfar" tradicionalmente no público, pula em cima de um colchão inflável para conseguir chegar no palco. Como o show da GPWeek ainda é um mistério nesse assunto, ainda não sabemos o que Joseph aprontará.

+++LEIA MAIS: Twenty One Pilots exibe cenas de Stranger Things durante show


Muita interação com o público

Além da linda decoração do palco e loucuras do cantor, Twenty One Pilots torna o público uma parte do show, tanto aqueles mais empolgados quanto os mais quietos. Tyler Joseph sempre conversa com os espectadores - e ele e Josh Dun sempre sobem na galera para cantar e tocar bateria.