Van Morrison é processado por discurso anti-isolamento; entenda

Van Morrison também fez uma série de posicionamentos antivacina

Redação Publicado em 08/11/2021, às 10h57

None
Van Morrison em 2020 (Foto: Gareth Cattermole/Gareth Cattermole/Getty Images)

Mesmo com o cenário caótico da pandemia de covid-19 e milhões de mortos ao redor do mundo, Van Morrison lançou canções de protesto anti-quarentena, fez posicionamentos antivacina e criticou o Ministro da Saúde da Irlanda do Norte, Robin Swann, pelas medidas de isolamento social. Agora, Swann está processando o músico devido às falas dele contra o cenário sugerido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para contenção do vírus, via Blitz.

Mais cedo neste ano, Morrison, 76, referiu-se a Swann como alguém "muito perigoso" porque o Ministro da Saúde repreendeu as posições anti-isolamento do artista. De acordo com as informações, o advogado de Swann revelou sobre o processo judicial, explicando que o caso deve chegar aos tribunais no início de 2022. 

+++LEIA MAIS: Músico britânico Van Morrison lançará três músicas anti-quarentena após criticar distanciamento social

Enquanto isso, os representantes do músico também comentaram o caso judicial, explicando "lamentar que o Sr. Swann tenha considerado necessário iniciar um processo judicial. Estamos desapontados com a publicidade em torno deste processo," alegaram os profissionais. 

Ainda, segundo a BBC, o processo também relata duas outras situações em que Van Morrison novamente disse que o Ministro de Saúde era "perigoso", além de alegar que ele era uma "fraude," por conta das medidas de prevenção contra o vírus. 

+++LEIA MAIS: Eric Clapton reclama de estar sendo ignorado por outros músicos: 'Meu telefone não toca'


Anteriormente, sobre as músicas anti-isolamento, o músico declarou: "Não estou dizendo às pessoas o que fazer ou pensar, o governo já está fazendo um ótimo trabalho nisso. É uma questão de liberdade de escolha, acredito que as pessoas devem ter o direito de pensar por si mesmas."

Mais cedo neste ano, com a volta gradual das apresentações, Van Morrison criticou os novos formatos de shows com pessoas socialmente distantes. Ainda, convidou outros artistas a se juntarem a ele na reivindicação de um retorno ao "público em plena capacidade."

+++LEIA MAIS: Eric Clapton e Van Morrison se reúnem para lançar canção contra o isolamento social