Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Vazamento de imagens de astros do BTS e BLACKPINK vira caso de polícia

Depois que fotos de Jennie e V foram divulgadas na internet, as empresas responsáveis pelos artistas tomaram providências legais

Redação Publicado em 04/10/2022, às 09h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Jennie do BLACKPINK (Foto: Getty Images) e V do BTS (Foto: Getty Images)
Jennie do BLACKPINK (Foto: Getty Images) e V do BTS (Foto: Getty Images)

Alguns meses atrás, fãs de dois dos maiores grupos de K-Pop se surpreenderam quando Jennie, do BLACKPINK, e V, do BTS, foram vistos juntos em fotos que, mais tarde, acabaram sendo vazadas na internet. Agora, as empresas responsáveis por ambos os artistas acionaram as autoridades para que os responsáveis pela divulgação das imagens sejam encontrados.

Os cliques de V e Jennie chamaram muita atenção nas redes sociais por alimentarem os rumores de um possível romance entre os artistas. O problema é que, no universo do K-Pop, a vida pessoal das estrelas é quase um segredo e costuma ser bastante respeitada pelas empresas, que tomam diversos cuidados para que nenhuma informação seja vazada.

Por isso, inclusive, a YG Entertainment, marca responsável pelo BLACKPINK, afirmou que já procurou apoio legal para investigar o caso das fotos de Jennie e V. “Solicitamos oficialmente que a polícia investigue quem primeiro circulou as fotos pessoais de Jennie. A YG tem monitorado consistentemente o assunto e entrou com uma ação em setembro depois de coletar informações”, afirmou a empresa, em nota enviada à BBC.

BLACKPINK
Grupo de k-pop BLACKPINK no Coachella em 2019 (Foto: Rich Fury/Getty Images for Coachella)

+++LEIA MAIS: BLACKPINK domina charts da Billboard e do Spotify; confira as conquistas

“Nós nos abstemos de mencionar o assunto ou fazer uma declaração oficial para minimizar qualquer dano adicional”, continuou o comunicado oficial. “No entanto, houve rumores indiscriminados, críticas, ataques pessoais, assédio sexual e violações da vida pessoal provocadas por essas fotografias privadas. Agora estamos anunciando que tomaremos medidas legais e corrigiremos a situação.”

Segundo a marca, as fotos “foram divulgadas ilegalmente, sem o consentimento de Jennie”. Classificando o ocorrido como “um ato de vitimização secundária sujeito a penalidade legal”, a YG Entertainment afirmou que “continuará trabalhando para proteger os direitos e interesses de nossos artistas”.

Já a Big Hit Music, responsável pelo BTS, afirmou que está seguindo seu “processo de resposta legal”, afirmando que “monitora e coleta evidências de postagens maliciosas por 365 dias e as inclui na reclamação”. Em comunicado publicado no Weverse, a empresa ainda pontuou que os “relatórios ativos dos fãs têm sido uma grande ajuda para nossas iniciativas de monitoramento de postagens maliciosas”.

BTS
BTS no Grammy 2022 (Foto: Frazer Harrison/Getty Images)

+++LEIA MAIS: BTS: Governo coreano quer plebiscito para definir serviço militar do grupo