VMA comemora volta à 'vida normal' com apresentações icônicas e público aglomerado

Apesar da alta de casos de covid-19 nos Estados Unidos, VMA mostrou plateia lotada

Redação Publicado em 13/09/2021, às 08h46 - Atualizado às 08h47

None
Madonna no MTV Video Music Awards 2021 (Foto: Bennett Raglin/Getty Images)

O MTV Video Music Awards (VMA) aconteceu neste domingo, 12, em clima de "volta à vida normal." Com muitas apresentações icônicas (entre Doja Cat, Lil Nas X e mais), o evento contou com grandes plateias aglomeradas.

Apesar do uso de máscaras aparentemente obrigatório, ao longo do evento foi possível avistar diversas pessoas sem o item de proteção individual — considerado indispensável no combate à covid-19.

+++LEIA MAIS: VMA 2021: Lil Nas X, Olivia Rodrigo e os vencedores do evento apresentado por Doja Cat

Nos Estados Unidos, a baixa taxa de vacinação contra covid-19 e a reabertura de escolas e outros espaços faz com que os casos de infectados pela doença aumente. Em 5 de agosto de 2021, conforme noticiado pelo G1, o país superou as 100 mil infecções diárias — maior número em seis meses.

O VMA foi realizado em Barclays Center, Nova York. O estado não tem mais restrições relacionadas à pandemia, mas também vê o crescimento de infectados pela covid-19. A variante Delta da doença, considerada mais transmissível, também é responsável pelo aumento de casos. 

+++LEIA MAIS: VMA: Anitta representa Brasil em apresentação de ‘Girl From Rio’; assista

No entanto, o VMA apresentou um evento que se assemelha à normalidade da vida pré-covid. Talvez, a comemoração de 40 anos da MTV em 2021 também tenha contribuído para a euforia de um evento grandioso, mesmo antes da hora.

A apresentação de Ed Sheeran no Brooklyn Bridge Park e de Camila Cabello são algumas que chamaram a atenção pela plateia lotada. Na performance da cantora, inclusive, os dançarinos abaixaram as máscaras ao final da apresentação — mesmo que rapidamente — parta cantar a letra final. 

+++LEIA MAIS: Kanye West diz que Deus queria que ele interrompesse discurso de Taylor Swift no VMA 2009: 'Não teria me colocado na primeira fila'

Na apresentação de Olivia Rodrigo no palco do VMA, parte da plateia também pôde ser observada sem máscara na transmissão oficial do evento. Enquanto a artista cantava "good 4 u", o público vibrava como em tempos pré-covid

Ao contrário do VMA 2020, em que a máscara se tornou um item usado pelos famosos mesmo em cima do palco, a edição de 2021 do evento mostrou artistas e celebridades sem a proteção — enquanto todos ao redor (empregados, dançarinos, produção e mais) precisavam utilizá-la.

++LEIA MAIS: Good 4 u: por que Paramore aparece nos créditos da música de Olivia Rodrigo?

Nas redes, críticas também surgiram à diferenciação da obrigatoriedade do uso de máscaras entre funcionários do evento e celebridades, que passavam pelo tapete vermelho no pré-show sem o item. Afinal, se há a necessidade de usar a proteção individual, por que algumas pessoas escapam à regra?

O VMA representou a esperança pelo retorno a uma vida de festivais, shows e eventos de grande porte. Apesar de o MTV Video Music Awards aumentar os ânimos dos espectadores pela apresentação de uma vida "quase normal", é preciso relembrar: a pandemia de covid-19 não acabou.