10 documentários sobre crimes para assistir na Netflix: do caso Eloá a Ted Bundy [LISTA]

Para entender melhor a mente de um assassino ou o processo de investigação policial, não faltam séries

Redação Publicado em 01/04/2020, às 12h17

None
Making a Murderer (Foto: Reprodução/Netflix)

A Netflix tem uma enorme, enorme produção de documentários sobre crimes. A maioria é dos EUA, e contam tanto casos famosos (como o do assassino Ted Bundy) quanto a pequenos crimes locais (Casos Arquivados, vários casos frios de cidadelas norte-americanas).

Embora meio esquecidos, por vezes, os programas são intrigantes. Alguns ajudam a entender melhor a mente de um serial killer ou assassino de crianças; outros detalham o trabalho policial.

+++ LEIA MAIS: 5 motivos para assistir Outlander na Netflix: mas, atenção, tire as crianças da sala

De qualquer maneira, aqui estão 10 documentários sobre crime para assistir na Netflix:

Anatomia do Crime (2017):

“O que faz um pai dar fim à vida da própria filha? E uma filha matar os pais? Confira a análise das provas e entenda como funcionam as mentes de criminosos famosos no Brasil.”

+++ LEIA MAIS: 9 reality shows da Netflix para maratonar durante a quarentena: de RuPaul a Mandou Bem


The Keepers (2017):

“Uma freira confronta um padre por abusos sexuais. Meses depois, é encontrada morta - para muitos, a ligação é evidente.“

+++ LEIA MAIS: Os 8 documentários com notas mais altas do IMDb para assistir na Netflix


Don’t F**k With Cats (2019):

“Os vídeos terríveis de um criminoso levam um grupo de pessoas a iniciar uma caçada arriscada com destino a um submundo sombrio.”

+++ LEIA MAIS: 5 momentos mais bizarro de Mindhunter: de passarinho no ventilador a surto do Holden


Conversando com um serial killer: Ted Bundy (2019):

“ Entrevistas atuais, material de arquivo e gravações de áudio feitas no corredor da morte traçam o perfil do notório serial killer Ted Bundy.”

+++ LEIA MAIS: Qual é a série mais popular no Brasil em 2020? Veja top 10 - e assista todas na Netflix


O desaparecimento de Madeleine McCann (2019):

“O documentário traz um olhar minucioso sobre o desaparecimento de Madeleine McCann, uma menininha inglesa de 3 anos que sumiu durante as férias em Portugal.”

+++ LEIA MAIS: Netflix, Amazon Prime Video ou Globoplay? Conheça os serviços de streaming no Brasil e escolha o melhor para você


Making a Murderer (2018):

“Filmado durante 13 anos, este thriller da vida real segue a história sem precedentes de dois homens acusados de um crime horrível que talvez eles não tenham cometido.”

+++ LEIA MAIS: Todas as séries canceladas pela Netflix em 2020 até agora


Sequestrada à Luz do Dia (2017):

“O documentário relata a história verídica de uma família que tem a filha adolescente sequestrada duas vezes pelo vizinho aparentemente inofensivo.”

+++ LEIA MAIS: Freud, novo terror da Netflix, é tão sangrento que vai te deixar com medo do seu psicólogo


The Confession Tapes (2019):

“Todos foram condenados por assassinato, mas agora alegam que suas confissões foram forçadas, involuntárias ou forjadas. Esta série documental vai em busca da verdade.”

+++ LEIA MAIS: Filme de terror da Netflix, The Platform está chocando e explodindo cabeças durante a quarentena 


Sou Um Assassino (2018):

“Assassinos condenados e no corredor da morte falam em primeira pessoa sobre seus crimes.”

+++ LEIA MAIS: As 61 estreias da Netflix em abril de 2020: La Casa de Papel Pt. 4, Forrest Gump, Clube dos Cinco e mais


Casos Arquivados (2017):

“ Detetives habilidosos utilizam a ciência forense e a psicologia criminal para resolver casos antigos e arquivados.”

+++ LEIA MAIS: 8 filmes e documentários sobre rock clássico para ver na Netflix [LISTA]


Gênio Diabólico (2018):

“Um entregador de pizza é morto depois de assaltar um banco com uma bomba no pescoço. Se você acha esta história policial estranha, você ainda não viu nada”

+++ LEIA MAIS: Além do Tom DeLonge: 5 documentários sobre OVNIs na Netflix [LISTA]


Bônus: Mindhunter (2017):

Esta é uma série interpretada, não um documentário: “Dois policiais entram numa jornada dentro da mente perturbada de detentos de segurança máxima e formulam um novo e assustador termo: serial killers.”

+++ TRAVIS SCOTT: O HYPE EM TORNO DELE REALMENTE FAZ SENTIDO?