10 filmes que Akira Kurosawa amava - e todo cinéfilo devia assistir [LISTA]

O cineasta japonês entrou para a história do cinema com clássicos como Ran, Rashomon, Deus Uzala e Dreams

Redação Publicado em 24/03/2020, às 10h47

None
Akira Kurosawa no Festival de Cannes em 1980 (Foto:AP Photo/Levy)

Akira Kurosawa foi um dos maiores cineastas de todos os tempos. E caso haja algum dúvida sobre isso, o próprio Francis Ford Coppola já declarou a genialidade do diretor japonês. Como lembrado pelo site FarOut, o norte-americano uma vez disse: "Uma coisa que diferencia Akira Kurosawa é que ele não fez apenas uma ou duas obras-primas. Ele fez oito."

Após a morte dele, e com a aprovação da família, foi publicado o livro Yume wa tensai de aru ou A Dream is a Genius. Em uma determinada parte da obra, são listados 100 filmes que o cineasta achava incríveis.

Kazuko Kurosawa, filha de Akira, explicou que 100 ainda era um número muito pequeno comparado a tantos filmes que o pai idolatrava, e que ele "sempre dizia que os filmes que ele amava eram muito para serem contados".

Ela também explicou o critério que adotou para fazer a lista: "Um filme de cada diretor, sobre os quais eu e meu pai tivemos conversas incríveis, e algumas ideias sobre cinema que ele gostava muito mas não expressou em público".

Dessa lista de 100 longas, relembrada pelo FarOut, selecionamos 10 que todo amantes do Kurosawa, e de cinema no geral, precisa assistir.

Lírio Partido – D. W. Griffith, 1919


O Gabinete do Doutor Caligari - Robert Wiene, 1920


Dr. Mabuse – Fritz Lang, 1922


Em Busca do Ouro – Charlie Chaplin, 1925


The Fall of the House of Usher – Jean Epstein, 1928


Um Cão Andaluz – Luis Buñuel, 1928


Marrocos – Joseph von Sternberg, 1930


Congress Dances – Erik Charell, 1931


A Ópera dos Três Vinténs – G. W. Pabst, 1931


A Ceia dos Acusados – W. S. Van Dyke, 1934


+++ CORONAVÍRUS: DEVEMOS REALMENTE CANCELAR SHOWS E EVENTOS?