11° Festival do Cinema Brasileiro de Paris presta homenagem à bossa nova

Maratona exibe 30 filmes brasileiros, entre ficções e documentários; Os Desafinados e Vinícius fazem parte da programação

Da redação Publicado em 28/04/2009, às 20h13

Nesta quarta-feira, 29, começa a 11ª edição do Festival do Cinema Brasileiro de Paris. Com duração de duas semanas, o evento exibirá, na capital francesa, 30 filmes de gêneros diversos. Parte deles será relacionada à bossa nova.

De acordo com a agência AFP, o longa Romance, de Guel Arraes, fará as honras do festival, que este ano acontece nas salas Novo Latina.

Ainda na primeira semana, serão exibidos outros oito longas-metragens em competição, e quatro fora de concurso, todos na categoria de ficção. A segunda etapa do festival será dedicada aos documentários, com cerca de vinte obras programadas, e terá o filme Palavra (En)cantada, de Helena Solberg, no dia 12 de maio, como encerramento.

Em homenagem aos 50 anos da bossa nova, comemorados em 2008, serão exibidos os documentários Coisa Mais Linda - Histórias e Casos da Bossa Nova, de Paulo Thiago, A Casa do Tom, Mundo, Monde, Mondo, de Ana Jobim, e Vinícius, de Miguel Faria Jr.

A lista de títulos que serão apresentados conta ainda com Os Desafinados, de Walter Lima Jr., Chega de Saudade, de Laís Bodanzky, Feliz Natal, de Selton Mello, Meu Nome Não É Johnny, de Mauro Lima, Todo Mundo Tem Problemas Sexuais, de Domingos Oliveira, e Verônica, de Maurício Farias.