11 provas de que Keanu Reeves é o cara mais gente boa do mundo dos famosos

O ator de John Wick acumula histórias de fãs, e quem o conhece não cansa de elogiar

Redação Publicado em 10/06/2019, às 19h28

None
Keanu Reeves (Foto: Evan Agostini / Invision AP)

John Wick 3 veio para provar, mais uma vez, o talento de Keanu Reeves como ator. O longa tem 89% de aprovação do público no Rotten Tomatoes, e recebeu uma maioria de críticas positivas, além de ter arrecadado incríveis US$ 57 milhões em seu final de semana de estreia (quase o dobro de Vingadores: Ultimato, com US$ 29,4 milhões).

O astro do longa, Keanu Reeves, ganhou a atenção da imprensa e muitos novos fãs desde a estreia de John Wick, no último dia 16. E várias histórias incríveis vieram à tona, e provaram que ele é uma das pessoas famosas mais legais que existe.

+++ John Wick 3: Parabellum é um fiapo de história decorado com muito sangue – e isso é ótimo e péssimo [Análise]

O ator sempre está disposto a tirar fotos, dar autógrafos e conversas com seus fãs. Em um post do Reddit feito em 2009, milhares de pessoas compartilham, até hoje, suas histórias com o ator, e todas as vezes que o encontraram.

Separamos 11 das melhores histórias com Keanu Reeves. Veja:

+++ Keanu Reeves diz que se sente sozinho, apesar de viver em um mundo que é obcecado por ele  

1) “No fim dos anos 1990 e recém-saído da faculdade, consegui meu primeiro emprego como assistente de designer no set de Reação em Cadeia (Keanu atuava com Morgan Freeman). TODOS OS DIAS das últimas semanas, Keanu agradava os funcionários e nos dava café da manhã e almoço de graça. Ele era um cara incrível de trabalhar. Trabalhei em mais de 30 filmes depois, e nunca conheci um ator tão generoso e amigável como ele. Lembro dele parando o que estava fazendo para levar meu amigo na oficina para pegar o carro dele, também.”

2) “Um amigo meu constrói sets de filmes, não os desenha, é um dos pobres coitados que só constrói. Ele trabalhou em Matrix e o Keanu ouviu falar sobre os problemas de família que ele tinha e deu um bônus de US$ 20 mil para ajudá-lo. E era um dos poucos no set que queria saber o nome das pessoas, e dizia ‘oi’ com prazer, e conversava com as pessoas como se fossem iguais, e não abaixo dele porque eles não estavam fazendo nada além de construção. Nunca ouvi ninguém dizer que Keanu é um babaca.”

3) “Uma amiga me contou que uma vez seu carro quebrou numa rodovia de Los Angeles. Ela estava sem celular (na época ninguém tinha) e não conseguia pedir ajuda. E aí um Porsche preto parou e era Keany. Ele tentou conserta o carro, e quando não funcionou ele chamou um guincho. Quando levaram o carro, ele ofereceu uma carona para casa, e ela aceitou. Ele desviou mais de 80 km do destino dele só para deixá-la em casa. Ela queria que ele desse em cima dela, mas ele foi um perfeito cavalheiro. Deixou ela em casa e passou o número de celular dele, para caso ela precisasse de ajuda.”

4) Alguns amigos meus trabalhavam nos efeitos especiais de Matrix, e Keanu deu Harleys [motos] para todos de natal no Matrix II. Paul, um desses caras, disse que ele é a pessoa mais sincera e amável que ele já conheceu. Ele dava um jeito de ficar com o pessoal em vez de ficar com o elenco principal, e era valente demais. Em uma cena de tiroteio, Keanu tirou a proteção auricular para poder ouvir os tiros e dar autenticidade. A equipe toda estava a 15 metros de distância, usando proteção e se encolhendo com o barulho, e o Keanu só aguentou.

5) “Um cara que estudou comigo trabalha em um restaurante em Hollywood. Ele me disse que quando trabalhava lá, Keanu entrou e sentou bem quieto no bar por um tempo, esperando um convidade. Quando chegou, era Alex Winter! [Os dois atores trabalharam juntos em Bill & Ted I e II, de 1989 e 1992, respectivamente]. Eles mantiveram contato durante todo esse tempo.”

6) “Meu irmão trabalha em uma cafeteria em Nova York, e o café é meia boca, mas o legal mesmo é que eles torram os próprios grãos, e são sugados por máquina que os mói de uma vez. Um dia o Keanu apareceu e pediu um café, e perguntou como sistema funciona. Quando ele terminou, Keanu fez uma pausa, surpreso, e disse ‘uau!’. Foi perfeito. Ele estava realmente interessado e impressionado com quão chique o café era.”

7) “Eu tinha oito anos quando Bill & Ted saiu. Um pouco depois da estreia, eu vi o Keanu no aeroporto, me aproximei e perguntei ‘você é o Keanu Reeves?’ Ele disse que era e conversou comigo e com meu irmão por quase uma hora, e até nos deu seu número de telefone. Foi incrível! Ligamos uma vez mas ele não estava disponível.”

8) “Quando eu trabalhava em uma livraria, Keanu Reeves aparecia de moto toda quarta-feira para comprar um livro novo e uma revista de sudoku. Ele sempre ligava 20 minutos antes para avisar que estava indo. Adoro ele!”

9) “Quando saiu Matrix, meu marido trabalhava como segurança em uma boate. Um dia, Keanu Reeves apareceu e não viu problema em distribuir autógrafos para todos os funcionários. Um deles foi correndo até em casa para pegar seu VHS de Bill & Ted. Keanu disse que amou assinar aquela fita, porque ninguém ligava mais para aquele filme depois de Matrix.”

10) “Em 2001, Keanu chegou ao cinema onde eu trabalhava, na época de Matrix. Eu estava no caixa, terrivelmente entediado, e de repente apareceu um cara de jeans, jaqueta de couro e capacete. Era um capacete estranho, como os usados para equitação. Levei ao menos 30 segundos para deixar de olhar para o capacete e perceber que quem estava à minha frente era Keanu Reeves em pessoa. Ele queria comprar um ingresso para ver o filme Do Inferno, com Johnny Depp. Fiquei tão impressionado por estar diante de um astro que, como qualquer adolescente de 16 anos faria, ofereci a ele o desconto a que eu tinha direito por ser funcionário do lugar. Mas para isso ele precisaria assinar um papel, o que significava que eu teria seu autógrafo. ‘Mas eu não trabalho aqui’, respondeu Keanu. Fiquei envergonhado e entreguei o ingresso comum. Reclamei comigo mesmo por não ter pedido um autógrafo.

Depois de 2 minutos, alguém bateu na porta do caixa. Achei que era o gerente. Mas era Keanu. ‘Achei que você provavelmente queria pedir meu autógrafo’, disse ele. ‘Assinei aqui’. E me entregou a nota da lanchonete, assinada na parte de trás. Depois, como se nada tivesse acontecido, ele jogou no lixo o sorvete que havia comprado e entrou para ver o filme. Só mais tarde me dei conta de que ele não queria o sorvete. Só comprou para ter um papel e autografar para um bobão de 16 anos.”

11) Em 1990, um grupo de fãs acampou no quintal de Keanu Reeves. Quando ele acordou e viu todo mundo, ao invés de expulsar ou chamar a polícia, chamou todo mundo para tomar uma cerveja e conversar, além de tirar fotos e dar autógrafos:

 

+++ Rocketman, Bohemian Rhapsody e mais: as maiores cinebiografias de todos os tempos