18 anos de Lilo e Stitch: Confira 5 curiosidades sobre a animação da Disney

O filme icônico estreou em junho de 2002

Redação Publicado em 13/06/2020, às 16h00

None
Lilo e Stitch (Foto: Reprodução)

Em junho de 2002, um dos filmes mais queridos e cômicos da Disney estreou: Lilo & Stitch. A produção memorável que une ficção científica, aventura, humor e Elvis Presley se passa no Havaí e conta com uma criatura estranha, mas que conquistou corações: Stitch.

+++LEIA MAIS: Os 9 melhores filmes de animação da Disney, pela nota no Rotten Tomatoes [LISTA]

Quando Nani dá a irmã mais nova, Lilo, um animal de estimação, a criança acaba escolhendo Stitch, que ela acreditava ser um cachorro. No entanto, o ser na verdade é um alien fugitivo, e o fato de ser procurado leva a várias situações muito engraçadas.

Para comemorar os 18 anos do lançamento de Lilo & Stitch, separamos 5 curiosidades sobre a cômica animação da Disney; confira:

+++LEIA MAIS: Stitch, Abu, Linguado e outros: os 10 mascotes mais fofos da Disney [LISTA]  

Ao invés do Havaí, Kansas?

reprod
O Havaí não é apenas o local no qual Lilo e Nani moram. O ambiente com praia, a dança hula e a cultura havaiana é ativa, fazendo parte da trama. No entanto, no início do desenvolvimento da animação, as aventuras de Stitch se passariam no Kansas, nos Estados Unidos.


Por que Elvis Presley?

reprod
A música de Elvis Presley faz um papel importante na trama, e o astro é citado por Lilo, que demonstra ser uma grande fã do cantor. A escolha de Elvis não foi aleatória, uma vez que o Rei do Rock filmou três de suas produções cinematográficas em ilhas do Havaí e gostava muito do local. Além disso, ao longo do filme, fotos do astro são mostradas - e elas são reais, ao invés de serem criados por animação.

+++LEIA MAIS: Elvis Presley se curou milagrosamente de doença na infância: ‘O médico disse que não havia esperança’


Referências

reprod
A produção incluiu uma série de referências das famosas histórias e tramas da Disney. Segundo o site Minha Série Famorita, quando Lilo e Stitch estão vendo cartões postais com óculos 3D, um deles possui o castelo da Cinderela, do parque da Disney na Florida. Além disso, a produção conta com um ursinho de pelúcia do Dumbo e algumas supostas referências aos símbolos da Pixar e da Disney.

No entanto, uma das referências mais percebidas é a do Patinho Feio. A produção da Disney é referenciada tanto no livro que Lilo lê para Stitch quanto na cena em que o alienígena caminha sozinho pela noite.

+++LEIA MAIS: 7 lugares de animações da Disney que existem de verdade [LISTA]


Mudanças após Ataque às Torres Gêmeas

reprod
Após o ataque às Torres Gêmeas em 11 de setembro de 2001, algumas cenas que já estavam prontas tiveram modificações. Quando há a perseguição das naves, por exemplo, originalmente um avião jumbo teria sido roubado pelos protagonistas e haveria prédios ao fundo. Após as mudanças, a cena contou com a nave de Jumba e montanhas no lugar dos edifícios. 

Na época, o produtor Clark Spencer falou sobre as mudanças: “Basicamente, tiramos um avião e o transformamos em uma nave espacial. Fomos capazes de manter muito da mesma animação e movimentos que já haviam sido coreografados para a sequência. Tivemos sorte pois não tínhamos explicado como Jumba e Pleakley chegaram na Terra, assim, eles poderiam voltar para a nave espacial a escondida na floresta e o resto poderia acontecer dali.”


Busca pela voz ideal

reprod
Achar a voz de Lilo não foi fácil. O diretor do longa, Chris Sanders, fez testes com mais de 150 meninas para achar em Daveigh Chase a dublagem ideal. Segundo o cineasta, “ela tinha uma personalidade diferente e ia dizendo instintivamente certas falas que atingiam exatamente a nota certa. Acho que, no ato, percebemos que havíamos encontrado nossa Lilo”.

+++ LEIA MAIS: Todos os filmes que a Disney adiou pelo coronavírus: Mulan, Novos Mutantes e mais


+++ DELACRUZ | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO