20 anos de Shrek: 5 curiosidades sobre icônica animação da DreamWorks [LISTA]

O filme Shrek estreou em 18 de maio de 2001 e conquista diversos fãs até os dias atuais

Camilla Millan Publicado em 18/05/2021, às 15h36

None
Shrek e o burro olham para o lado (Foto: Divulgação/DreamWorks)

Há exatos 20 anos, a animação Shrek estreou nos cinemas norte-americanos e de outros países ao redor do mundo. O filme icônico chegaria ao Brasil posteriormente, em 22 de junho do mesmo ano, e, desde o início, a produção conquistou fãs - e mostrou que seria um sucesso internacional.

A história que envolve o ogro Shrek (Mike Myers), o burro falante (Eddie Murphy) e a princesa Fiona (Cameron Diaz) é uma grande paródia de diversas obras infantis de fantasia - de Rapunzel a Branca de Neve. Inspirada no livro Shrek!, de William Steig, a história retrata nas telonas ganhou, ao todo, quatro filmes - e deve voltar para mais uma produção, conforme anunciado pelo roteirista Michael McCullers.

+++LEIA MAIS: 5 erros de continuidade em Shrek que só percebeu quem é muito atento - ou muito fã e já assistiu várias vezes [LISTA]

O primeiro filme, contudo, é um dos mais populares da franquia. Dirigida por Andrew Adamson e Vicky Jenson, e com um orçamento de US$ 60 milhões, a produção conseguiu uma receita de impressionantes US$ 484.409.218. Apesar de se tratar de uma animação, Shrek conquistou fãs de todas as gerações, e inclusive ganhou diversos elogios dos críticos.

Indicado a diversos prêmios e responsável por introduzir o Reino de Tão TãoDistante à cultura pop, o primeiro Shrek, lançado em maio de 2001, é inesquecível. Para marcar os 20 anos da estreia da produção, a Rolling Stone Brasil separou 5 curiosidades sobre o filme:

+++LEIA MAIS: Os 10 filmes dirigidos por mulheres com maiores bilheterias da história: de Capitã Marvel a Shrek [LISTA]

Animação e live-action

Inicialmente, o filme seria um híbrido de live-action e imagens geradas por computador (CGI). Após um ano e meio de estudos, um teste foi exibido e o resultado não agradou: “Ficou terrível, não funcionou, não ficou engraçado e não gostamos,” disse o produtor Jeffrey Katzenberg na época. 

Após o fracasso inicial, o estúdio fez uma parceria com a Pacific Data Images (PDI), empresa com um software de animação próprio que conseguiu tornar o filme, inteiramente, animado.

+++LEIA MAIS: Aladdin, Dumbo e Peter Pan: os longas mais preconceituosos da Disney [LISTA]


Filme salvou a DreamWorks

O ano de 2001 não foi fácil para a DreamWorks. Na época, o estúdio lançou diversas produções que tiveram um desempenho ruim de bilheteria - nomes como Evolução, A Última Fortaleza e Maldição do Escorpião de Jade.

Com tantas produções que falharam em dar o retorno financeiro ao estúdio, Shrek conseguiu salvar a DreamWorks no quesito receita - assim como na reputação. O filme sobre o ogro conseguiu melhorar a imagem do estúdio, e assim, abrir portas para novas franquias como Madagascar e Kung Fu Panda.

+++LEIA MAIS: Shrek, Madagascar e mais: 6 filmes da DreamWorks que marcaram os anos 2000 [LISTA]


Primeiro Oscar de animação

Em 2002, o filme foi o primeiro a receber o Oscar de Melhor Animação - categoria que, até então, não existia. Na época, Shrek concorreu com Monstros S.A. e Jimmy Neutron: O Menino Gênio. No mesmo ano, a produção também foi indicada à categoria Melhor Roteiro Adaptado na cerimônia.


Calçada da fama

Em maio de 2021, o personagem fictício ganhou uma estrela na Calçada da Fama, em Hollywood, Califórnia, nos Estados Unidos. O ator Mike Myers, dublador de Shrek, participou da cerimônia.

+++ LEIA MAIS: 20 anos de Shrek: como o filme colaborou para o hype de 'All Star', do Smash Mouth


Shrek inspirado em Maurice Tillet

Muitos pesquisadores acreditam que a aparência do personagem principal, o ogro Shrek, foi inspirada em Maurice Tillet. O lutador sofria de acromegalia, uma grave doença que causa alargamento do rosto, mãos e pés. Apesar de ser extremamente inteligente e poliglota, o homem ficou marcado pela aparência, e muitos, infelizmente, o descreviam como uma “monstruosidade” e como o “homem mais feio do mundo”.

Tom Latour, um dos maiores pesquisadores do atleta, disse ao UOL Esporte sobre as semelhanças entre Shrek e o lutador. Assim como o ogro do filme, o atleta rugia para os adversários no ringue, além de ter um sorriso muito parecido ao do personagem. Ainda, Tillet, assim como Shrek, era conhecido pelo lado sensível e gentil. 

+++ LEIA MAIS: Disney+ : 7 séries animadas que mal podemos esperar para rever [LISTA]


+++ SUPLA: 'NA ARTE A GENTE TEM QUE SER ESPONTÂNEO' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL


+++LEIA MAIS: Shrek, Madagascar e mais: 6 filmes da DreamWorks que marcaram os anos 2000 [LISTA]

No início do mês de abril, a Netflix disponibilizou os dois primeiros filmes da franquia Shrek, os quais, no momento, permanecem no Top 10 da plataforma de streaming no Brasil. Em 2021, a saga do icônico ogro completou 20 anos e mostrou que ainda é querida pelo público.

Mas Shrek não é a única animação da DreamWorks que fez sucesso e, consequentemente, foi transformada em uma franquia. Este é apenas um dos filmes do estúdio que apresentou personagens marcantes por meio de uma narrativa descontraída e cativante.

+++ LEIA MAIS: 20 anos de Shrek: como o filme colaborou para o hype de 'All Star', do Smash Mouth

Pensando nisso, listamos seis animações da DreamWorks que marcaram os anos 2000, de Shrek a Madagascar. Confira:

A Fuga das Galinhas (2000)

A Fuga das Galinhasacompanha a vida de um galinheiro, o qual é afetado pela chegada de um novo galo, o qual os fazem acreditar na possibilidade de fugir dos humanos - e das panelas quentes. (Foto: Reprodução /Twitter)

+++ LEIA MAIS: Disney+ : 7 séries animadas que mal podemos esperar para rever [LISTA]


Shrek (2001)

A vida Shrek muda quando o pântano dele é invadido e ele se vê obrigado a fazer um acordo com o Lorde Farquaad. Vencedor do Oscar, o filme ganhou diversas continuações ao longo dos anos.


O Espanta Tubarões (2004)

Em O Espanta Tubarões, o peixe Oscar constrói uma reputação e se torna uma celebridade a partir de uma grande mentira. Mas, logo, a imagem dele corre risco e ele precisa encontrar uma alternativa para não ser desmascarado.

+++ LEIA MAIS: 4 curiosidades sobre animações da Disney: príncipe sem nome, filme quase deletado e mais


Madagascar (2005)

Madagascar é outro filme com personagens icônicos. Alex, Marty, Melman e Glória precisam veem a amizade deles em jogo, quando saem de Nova York e param em Madagascar. Além de ganhar continuações com os personagens principais, a franquia fez sucesso com o spin-off Os Pinguins de Madagascar.


Bee Movie (2007)

Histórias inusitadas, protagonistas rebeldes e animais falantes. Bee Movie usa os elementos clássicos da DreamWorks para contar a história de uma abelha que decide processar a humanidade por consumir o mel das abelhas.

+++LEIA MAIS: Aladdin, Dumbo e Peter Pan: os longas mais preconceituosos da Disney [LISTA]


Kung Fu Panda (2008)

O primeiro filme da franquia Kung Fu Panda acompanha Po, um jovem desajeitado e divertido que descobre ter sido escolhido para aprender kung fu com mestres e derrotar o vilão Tai Lung.