2020 será o ano em que a Fender mais vendeu guitarras na história

Gibson, Taylor e Martin também observaram o disparo de vendas ao longo deste ano

Redação Publicado em 09/09/2020, às 17h15

None
Guitarras Fender (Foto: Divulgação/via Consequence of Sound)

A Fender informou que em 2020 venderá mais guitarra do que já vendeu em qualquer outro ano da história da empresa. Fabricantes como Gibson, Taylor e Martin também observaram o disparo de vendas ao longo deste ano. 

+++LEIA MAIS: 90% das pessoas desiste de tocar guitarra em até 12 meses, diz presidente da Fender

A razão óbvia para o aumento de vendas, de acordo com o Consequence of Sound, é o fato das pessoas estarem mais em casa devido ao isolamento social para contenção de coronavírus. Segundo o site, não há melhor momento para guitarristas experimentarem novos sons ou para iniciantes aprenderem um novo instrumento.

O aplicativo instrucional Fender Play, por exemplo, observou um aumento da base de usuários de 150.000 para 930.000 entre o final de março e o final de junho. Os dados mostram que 20% dos novos perfis têm menos de 24 anos e 70% têm menos de 45.

+++LEIA MAIS: Fender anuncia ukulele personalizado por Billie Eilish

“[2020] será o maior ano de volume de vendas na história da Fender, dias recordes de crescimento de dois dígitos, vendas de e-commerce e vendas de equipamentos para iniciantes”, afirmou o executivo-chefe da Fender, Andy Mooney, ao The New York Times, via Consequence of Sound

Ainda, acrescentou: “Jovens adultos e adolescentes, inclusive dentre eles muitas mulheres, estão ajudando a impulsionar esse renascimento da guitarra.”

+++LEIA MAIS: Fender oferece 3 meses de aulas de guitarra online; veja

Brendan Murphy, vendedor da loja de instrumentos online Sweetwater, revelou: “Estou no ramo de varejo de instrumentos há mais de 25 anos e nunca vi nada parecido. Parece que todo dia é a Black Friday.”


+++ BK' lança novo disco e fala sobre conexão com o movimento Vidas Negras Importam: 'A gente sabia que ia explodir'