2,6 milhões de idosos não completaram vacinação contra Covid-19 no Brasil

Número representa um quinto dos brasileiros com mais de 70 anos que não tomaram a segunda dose da vacina

Redação Publicado em 08/06/2021, às 10h42

None
Vacinação contra a Covid-19 (Foto: David Greedy / Getty Images)

O número de idosos que não completaram a vacinação contra Covid-19 é de 2,6 milhões. Segundo a Folha, dados do DataSUS (sistema de informações do Ministério da Saúde) mostram que uma em cada cinco pessoas com mais de 70 anos não concluíram a imunização com a segunda dose.

Além do grande número de idosos que não completaram a imunização, cerca de um milhão de brasileiros com mais de 70 anos não tomaram nem a primeira dose da vacina contra Covid-19 - o que dificulta o controle da pandemia no país. 

+++LEIA MAIS: Bolsonaro recusou vacina a 50% menos do valor pago por EUA e União Europeia

A eficácia máxima da imunização contra Covid-19 só é garantida ao tomar a segunda dose do imunizante, por isso, a indicação é de que a população complete a vacinação, mesmo se a segunda aplicação estiver atrasada. 

Há uma grande problemática nos grupos prioritários não completarem a imunização. Em entrevista à Folha, Natália Pasternak, microbiologista da USP, explicou: "Os grupos prioritários existem por um motivo: são pessoas com maior risco de exposição ou pessoas que, ao se exporem, correm maior risco de adoecer gravemente e morrer. Aqui se encaixam os idosos."

+++LEIA MAIS: Bolsonaro sobre vacina contra Covid-19: ‘O tempo todo o pessoal enchendo’

Pedro Hallal, colunista da Folha e epidemiologista, afirmou que o negacionismo tem um impacto direto no número de pessoas sem se vacinar. O especialista diz, contudo, que o número de idosos sem imunização completa com a segunda dose resulta de outras falhas:

“Ninguém vira negacionista depois de tomar primeira dose. Então quem não voltou é impacto de desorganização do cronograma, de não ficar claro que é preciso voltar para segunda dose, de não ter um sistema de lembrete para segunda dose. Fica somente nas costas da pessoa que ela tem de voltar,” disse Hallal.

+++LEIA MAIS: Por que o Brasil está tão atrasado na vacinação?


+++ URIAS: 'AS PESSOAS ESTÃO COMEÇANDO A ENTENDER MAIS DE MIM' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL