27 anos sem Kurt Cobain: relembre a carreira e morte do ex-Nirvana

Cobain morreu há quase três décadas, mas sua colaboração no mundo da música é inesquecível e atemporal

Mariana Pastorello | @mari.pastorello (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 05/04/2021, às 15h20

None
Kurt Cobain em cena do MTV Unplugged (Foto: Divulgação/MTV)

Kurt Cobain foi o fundador da banda Nirvana e um dos principais nomes do grunge rock na década de 1990. Infelizmente, no auge da carreira, Cobain se suicidou. Com apenas 27 anos, o músico é um dos nomes do Clube dos 27- coincidência bizarra a qual reúne diversos artistas mortos nessa idade, como Jimi Hendrix e Amy Winehouse

Cantor, guitarrista e compositor, nasceu em 20 de fevereiro de 1967 em Aberdeen, EUA. Viveu a adolescência e juventude em contato com a música. Na cidade natal, teve contato com a banda de punk rock Melvins e, desde então, apaixonou-se por música. Aos 14 anos, ganhou a primeira guitarra e começou a fazer covers de bandas, como AC/DC, mas logo passou a escrever e compor as próprias canções. 

+++ LEIA MAIS: Dave Grohl aceita o desafio e encara menina baterista de 10 anos: 'Agora é sua vez'

Durante o ensino médio, tornou-se amigo do baixista Krist Novoselic e começaram a tocar juntos. Anos depois, a dupla juntou-se ao baterista Aaron Burckharde formaram o Nirvana. Em 1989, a banda recém-formada lançou o primeiro disco, Bleach, mas não teve sucesso. No ano seguinte, Burckhard saiu do grupo e David Grohlassumiu a bateria. 

Após diversas apresentações independentes,Nirvana foi reconhecido pela gravadora DGC Records. Em meados de 1990, apresentaram o single“Smells Like Teen Spirit”. A música fez sucesso gigantesco - e inesperado - alcançando o topo das paradas.  Em seguida, lançaram o disco Nevermind (1991). Assim, a banda marcou o movimento grunge e rock alternativo. 

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes

+++ LEIA MAIS: Mais treta: artista diz que ele, e não Kurt Cobain, criou smile face do Nirvana

Na época de grande prestígio e fama, Kurt começou a usar algumas drogas, como heroína. Em 1993, a banda lançou In Utero, mais um sucesso. De acordo com o site Biography, naquele momento, Kurt sentia-se mal em relação à indústria musical e revelou a insatisfação na faixa "Radio Friendly Unit Shifter"

Assim como a fama, as frustrações de Cobain só aumentavam. Após a icônica gravação do MTV Unplugged, em 1994, o músico piorou em relação ao uso de drogas. Em uma viagem à Europa com a namorada Courtney Love (cantora e líder do grupo Hole) e a filha Frances, teve uma overdose e foi levado ao hospital.

+++ LEIA MAIS: Empresário do Nirvana reflete sobre a rixa entre Kurt Cobain e Axl Rose: 'Estavam em pontos diferentes da cultura'

Depois da viagem, Lovetentou recuperarCobaindos vícios e frustrações. Após falhas tentativas, muitos remédios e clínicas de reabilitação, o músico se isolou na sua casa em Seattle - naquela época, a cidade era o point do grunge - e, em 5 de abril de 1994, suicidou-se com um tiro. Porém, o músico só foi encontrado três dias depois. 

Apesar das frustrações,Kurt Cobain teve uma carreira muito valiosa. O músico é considerado um dos 100 Maiores Guitarristas de Todos Os Tempos, de acordo com a Rolling Stone, e até hoje é amado pelos fãs da banda e do rock. 

 +++LEIA MAIS: Nirvana quase se chamou Skid Row antes de escolher nome oficial; entenda

Confira um trecho da apresentação da banda no MTV Unplugged com a música "Come As You Are":


+++ KONAI: 'ESTAMOS EM PRESSÃO CONSTANTE PARA SER O QUE NÃO É NOSSO NATURAL' | ENTREVISTA