3 maneiras que a série de O Iluminado é totalmente diferente do filme de Kubrick

Produções foram baseadas no clássico livro homônimo de Stephen King

Redação Publicado em 27/10/2020, às 10h03

None
Jack Nicholson em O Iluminado (Foto: Reprodução) e Steven Weber como Jack Torrance (Foto: Reprodução/ABC)

Seja no âmbito literário ou no audiovisual, O Iluminado é considerado por muitos uma das maiores obras de terror já criadas. Primeiramente, Stephen King criou esse universo com o lançamento do livro em 1977. Em 1980, chegou aos cinemas a adaptação cinematográfica, dirigida por Stanley Kubrick e estrelada por Jack Nicholson, e quase 20 anos depois, a ABC lançou uma minissérie.

As duas produções audiovisuais são bastante distintas. E o longa de Kubrick se distanciou bastante do livro, teve recepção mista e é criticado por King por se distanciar da obra. Já a série foi escrita e produzida pelo autor, que fez uma história de três episódios, cada um com cerca de duas horas.

+++LEIA MAIS: Cazaquistão passa a usar frase de Borat para promover turismo no país

O Screen Rant separou as principais diferenças entre a minissérie e o filme de O Iluminado; veja quatro abaixo.


A loucura de Jack Torrance

Uma das maiores diferenças entre o filme e a minissérie é como Jack Torrance é retratado. Na versão cinematográfica de Kubrick, o perrsonagem é maluco desde o começo. Mesmo nas primeiras cenas ele já fala em um tom lento e sinistro, junto com aquele sorriso característico de Jack Nicholson.

Por outro lado, a atuação de Steven Webber como Jack Torrance é muito mais calma. Na minissérie, ele começa como um cara normal que não consegue controlar a raiva quando está bêbado. Porém, aos poucos, o hotel o seduz, então o personagem passa dos limites.


Como Jack Torrance morre

No longa, há uma cena de perseguição em que Jack vai atrás de Danny no labirinto. O garoto consegue despistá-lo; enquanto o outro se perde no labirinto e eventualmente congela até a morte.

Na minissérie (assim como no livro), a morte de Jack é muito mais dramática. Ele morre quando a caldeira do porão do hotel explode. Inclusive, este momento é de redenção para o personagem, porque ele tem a chance de se livrar da caldeira, mas resiste ao hotel para que ela exploda.

Ou seja, isso salva Danny, Wendy e Dick Hallorann - que morre no filme de Kubrick - do hotel. Na versão dos cinemas, não existe nenhuma redenção.


"Meninas iluminadas"

Uma das cenas mais assustadoras do filme de O Iluminado, de acordo com o ScreenRant, se dá por conta das gêmeas que Danny encontra enquanto anda de triciclo pelos corredores.

As duas pedem ao garoto para ir brincar com elas; ele então vê como as "meninas iluminadas" ficaram depois que o pai - antigo zelador Delbert Grady - as cortou com um machado. É um momento assustador que não está no livro ou na minissérie.

No seriado, Delbert Grady é citado como o zelador antigo que se suicidou ao colocar uma espingarda na boca. Não há nenhuma menção à família dele, embora exista no livro.


+++ BK' | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL