3 motivos para crer que a DC agora faz filmes ótimos - e 3 aspectos que precisam melhorar [LISTA]

Os longas recentes dos heróis e vilões parecem ter recuperado o apoio dos fãs, mas isso não significa que não existem mais problemas

Redação Publicado em 09/03/2020, às 08h29

None
Liga da Justiça (Foto: Reprodução Warner Bros.)

Após o enorme sucesso da Marvel com o MCU,Warner Bros./ DC também tentou lançar a própria franquia cinematográfica, mas não obteve o mesmo sucesso. Fracassos como Liga da Justiça (2017) e filmes polêmicos como Esquadrão Suicida (2016)colocaram a reputação da capacidade do estúdio em risco.

Mesmo assim, a decisão foi de manter a produção e longas bem aceitos por crítica e público vieram, como Aquaman (2018) e o estrondoso sucesso de Coringa (2019). Parece agora que a DC está no caminho certo, mas será mesmo? Segundo o site ScreenRant, mesmo com acertos indiscutíveis, o estúdio ainda precisa melhorar vários aspectos que listamos abaixo.


No caminho certo: Filmes Solo

O começo do universo DC foi ousado, com  Homem de Aço (2013), comandando por Zack Snyder. Apesar de não agradar a todos, o filme deu o tom do Superman de Henry Cavill. O problema foi partir daí direto para Batman vs Superman(2016) e Liga da Justiça depois disso.

+++LEIA MAIS: Mulher-Gato faz 80 anos: as 5 melhores versões da amante e inimiga de Batman, da DC Comics

A Marvel já havia provado antes que as equipes de heróis funcionam melhor se cada membro teve a origem contada numa aventura solo. A DC aprendeu e deu um passo para trás. Com Aquaman,Mulher-Maravilha e Shazam, alguns dos maiores heróis da marca finalmente tem origens bem construídas no cinema.


Precisa melhorar: Liga da Justiça

A promessa de fazer frente com os Vingadores se tornou a menor bilheteria da DC. Agora membros do elenco como Ben Affleck já pularam fora do universo cinematográfico e outros estão no limbo como Henry Cavill. A Warner precisa decidir e comunicar ao público se a Liga da Justiça vai continuar ou não.

+++LEIA MAIS: Christian Bale será novo vilão da Marvel em Thor: Love and Thunder


No caminho certo: tentando inovar

Mesmo que essa seja uma atitude arriscada, é a melhor chance da DC fazer frente ao MCU. Projetos diferentes como Coringa, Aves de Rapinae o vindouro The Batman são importantes para manter o público interessado e legitimar a franquia por fugir da estratégia de fazer mais do mesmo, ainda que nem sempre sejam bem-sucedidos.

+++LEIA MAIS: 3 motivos para Aves de Rapina nunca ganhar uma continuação


Precisa melhorar: Superman

A Marvel tomou um caminho interessante ao trabalhar com heróis menos conhecidos no início do MCU, como Homemde Ferro. Já a DC começou logo com o nome mais importante e isso foi muito prejudicial. Superman teve uma representação controversa nos cinemas e está deixado de lado até agora. Esse elefante na sala precisa ser resolvido logo.

+++LEIA MAIS: Quais HQs inspiraram o Batmóvel do Batman de Robert Pattinson?


No caminho certo: Confiança nos cineastas

Zack Snyder já revelou que não teve liberdade suficiente para trabalhar nos longas do jeito que queria e muito disso se traduziu em críticas negativas para Batman vs Superman. Porém, Patty Jenkins pôde executar a visão dela com a Mulher-Maravilha e Todd Phillips com Coringa também, o que se converteu em sucessos sólidos do estúdio.

+++LEIA MAIS: Conheça o Superman comunista, nova animação da DC que teve a estreia cancelada por causa do Coronavírus


Precisa melhorar: vários reboots

Projetos como The Batmane Esquadrão Suicida levantam as maiores dúvidas em relação a DC: essas reformulações vão ser independentes ou não do restante dos filmes? O Batman de Robert Pattinson vai ser uma versão mais jovem do de Ben Affleck? E o novo Esquadrão Suicida, que é um reboot, mas vai manter membros do elenco do primeiro filme?

Essas questões precisam ser esclarecidas para evitar críticas e perda de interesse dos fãs.


+++ SESSION ROLLING STONE BRASIL: DELACRUZ - ANESTESIA