Pulse

3 músicas icônicas dos Beatles que foram censuradas pela BBC - e por quê?

Na década de 1960, a banda era alvo frequente de polêmica e acabou tendo algumas canções banidas das rádios

Redação Publicado em 15/10/2019, às 09h58

None
The Beatles (Foto: AP Images)

Os Beatles ganharam a reputação de falar o que pensavam, sem temer as controvérsias.

Durante uma entrevista para o jornal London Evening Standard, em 1966, John Lennon chegou a afirmar que a banda era "mais popular que Jesus Cristo", provocando uma série de reações adversas entre as comunidades cristãs ao redor do mundo.

Confira, abaixo, três músicas icônicas dos Beatles que foram banidas da rádio BBC:

 

"Being for the Benefit of Mr. Kite"

De acordo com o site Ultimate Classic Rock, as origens de "Being for the Benefit of Mr. Kite" é bastante inocente.

Ao passear por uma loja de antiguidades, John Lennon encontrou um cartaz de circo vitoriano emoldurado, datado de 1843, que anunciava o Circo Royal de Pablo Fanque. Ele e Paul McCartney, então, se sentiram inspirarados pelas frases do pôster, incorporando-as na letra da canção. "E é claro que Henry, o cavalo, dança valsa..."

Em 1967, a rádio BBC censurou a música pois entendeu que "Henry, the Horse" fazia referência ao uso de heroína. Contudo, anos depois, em 1980, Lennon contestou: "A ideia inteira veio desse pôster, exceto que o nome do cavalo não era Henry. Surgiram histórias de que Henry, o cavalo, era heroína. Eu nem conhecia heroína naquele período."

 

"Come Together"

Além do pedido de união presente no refrão da música, é difícil entender a mensagem que os Beatles quiseram transmitir em "Come Together".

A canção, escrita por John Lennon e creditada à dupla Lennon/McCartney, nasceu como uma campanha para Timothy Leary, que concorria ao governo da Califórnia, nos Estados Unidos, contra o futuro presidente Ronald Reagan, em 1969. Contudo, política à parte, a composição entrou para a lista negra das rádios porque mencionava a Coca-Cola, uma marca comercial.

 

"I Am the Walrus"

Em novembro de 1967, os Beatles lançaram "I Am The Walrus" como o lado B de Hello Goodbye. Mas, se "Come Together" foi um disparate, "I Am the Walrus" foi um disparate completo.

No entanto, dois versos da música eram muito arriscados para a BBC: "Você abaixa sua calcinha" e um comentário sobre "sacerdotisas pornográficas". A referência óbvia ao sexo, bem como a palavra "knickers/calcinha", era demais para as ondas de rádio

Segundo a revista Mental Floss, John Lennon tinha o seguinte a dizer sobre a faixa: "As palavras não significam muito. As pessoas tiram tantas conclusões precipitadas, e isso é ridículo. Eu tive a língua na bochecha o tempo todo - todos eles tinham a língua na bochecha. Só porque outras pessoas veem profundidade de tudo o que há nele (...) Não é tão sério."