30 músicas essenciais para entender as Riot Grrrl [PLAYLIST]

Para celebrar o movimento que levou uma multidão de mulheres para à frente dos palcos — e em cima deles —, a Rolling Stone Brasil preparou uma seleção musical com faixas incríveis daquela época; ouça abaixo

Redação Publicado em 14/10/2020, às 17h40

None
Capa do álbum de compilação de Bikini Kill, The C.D. Version of the First Two Records (Foto: Reprodução)

A década de 1990 foi marcada pela força impetuosa de mulheres ocupando espaços nas músicas, nas ruas e nos palcos. O movimento que surgiu a partir da união dessa energia estrondosa ganhou o nome de Riot Grrrl.

+++ LEIA MAIS: Dossiê Riot Grrrl: O tempero explosivo que colocou as mulheres à frente do punk

Responsáveis por encabeçar os primeiros zines de divulgação com discursos contra o sexismo, Bikini KillBratmobile, Babes in Toyland, 7 Year Bitch, Excuse 17 e Heavens to Betsy abriram as portas para a criação de uma consciência feminista que repercute mais de décadas depois. Com discursos libertários e muito fortes sobre as próprias histórias nos gritos roucos das canções, essas artistas inspiraram as mulheres a liderarem os próprios espaços, pegarem os próprios instrumentos e enfrentarem uma indústria que foi projetada apenas para os homens.

+++ LEIA MAIS: Phoebe Bridgers é a amiga que todo mundo quer ter

Depois de desbravar a história do movimento e separar algumas discografias, a Rolling Stone Brasil preparou uma playlist, que está disponível no Spotify, com as 30 músicas essenciais para você entender o Riot Grrrl. Ouça abaixo: 


+++ OROCHI | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL