35 anos de The Legend of Zelda: 5 melhores jogos da franquia [LISTA]

Criada por Shigeru Miyamoto e Takashi Tezuka, a saga é desenvolvida pela Nintendo desde a criação em 1986

Felipe Grutter (com supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 17/04/2021, às 13h00

None
Capturas de tela de Breath of The Wild e Ocarina of Time (Fotos: Reprodução/Nintendo)

The Legend of Zelda, umas das franquias mais icônicas dos videogames, completou 35 anos em 2021. A saga da Nintendo de ação e aventura com elementos de RPG foi criada por Shigeru Miyamoto e Takashi Tezuka.

Em 21 de fevereiro de 1986, o game single player (para um jogador) The Legend of Zelda foi lançado pela Nintendo no Nintendo Entertainment System (NES). O jogo foi dirigido por Miyamoto e Tezuka, quem escreveu o roteiro com Keiji Terui, e Koji Kondo compôs a trilha sonora icônica.

+++LEIA MAIS: Zelda, Red Dead Redemption e mais: 7 games que realmente seriam ótimos filmes [LISTA]

A história se passa no reino de Hyrule, onde acontece um grande conflito causado por Ganon, forma alternativa de Ganondorf retratada como personificação do mal, responsável por roubar a Triforce do Poder, artefato mágico detentor de grandes poderes. Triforce é dividida em três: Poder, Sabedoria e Coragem.

Para tentar impedir o vilão, Princesa Zelda divide e esconde a Triforce da Sabedoria em oito pedaços. Antes de ser raptada por Ganon, a personagem envia a Guardiã Impa para encontrar um herói capaz de salvar Hyrule.

+++LEIA MAIS: Será? Tom Holland é cotado para ser o Link em filme da Netflix do game The Legend of Zelda, diz site

Enquanto procura por um herói, Impa é cercada por soldados de Ganon, mas é salva por Link, jovem guerreiro. O personagem decide salvar Zelda e Hyrule, e parte para juntar os oito fragmentos da Triforce da Sabedoria com intenção de derrotar o vilão.

Ao longo dos anos, The Legend of Zelda teve 19 games, incluindo um remake de Link's Awakening (1993) lançado em 2019. Para celebrar o legado da franquia, veja os cinco melhores jogos abaixo, segundo Metacritic:

+++LEIA MAIS: Os 6 melhores jogos de fazenda disponíveis no Nintendo Switch: de Animal Crossing a Stardew Valley


The Legend of Zelda: Majora's Mask (2000): 95/100

"Lançado em um mundo paralelo pelas ações travessas de um Skull Kid possuído, Link encontra uma terra em perigo. O poder das trevas de uma relíquia chamada Máscara de Majora causou estragos nos cidadãos de Termina, mas também existe outro problema: uma lua suicida caindo em direção ao mundo. O protagonista tem apenas 72 horas para encontrar uma maneira de interromper o impacto."


The Legend of Zelda: Twilight Princess (2006): 96/100

"Link pode se transformar em lobo para vasculhar a escuridão Hyrule. Com ajuda de Midna, ser misterioso, o jogador deve guiar o herói por hordas de criaturas bizarras e chefes desafiadores."

+++LEIA MAIS: 7 games do Nintendo 64 que jamais serão esquecidos


The Legend of Zelda: The Wind Waker (2002): 96/100

"Com visuais novos, The Wind Waker se aprofunda no mundo aquático, com Link navegando livremente em alto mar. Na trama, o herói procura pela irmã, Aryll, quem foi sequestrada."


The Legend of Zelda: Breath of The Wild (2017): 97/100

Depois do exército de Ganon devastar o reino de Hyrule e assassinar a maioria dos heróis, Zelda coloca Link em uma espécie de câmara de criogenia. Anos depois, o protagonista acorda e parte para derrotar o vilão, com objetivo de reestabelecer a liberdade e a paz.

+++LEIA MAIS: Anthony Mackie acha Sebastian Stan 'a pessoa mais chata do planeta'; entenda


The Legend of Zelda: Ocarina of Time (1998) 99/100

"Quando pequeno, Link foi enganado por Ganondorf, Rei dos Ladrões de Gerudo. O vilão usa o protagonista para obter acesso ao Reino Sagrado, onde consegue posse da Triforce e transforma a bela paisagem hyruliana em um deserto árido. Para consertar o erro, o herói, com ajuda de Rauru, viaja no tempo reunindo os poderes dos Sete Sábios."


+++ LAGUM | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL