4 cenas completamente perturbadoras de Handmaid's Tale [LISTA]

A distopia de Margaret Atwood aborda temas aterrorizantes como feminicídio e fundamentalismo religioso

Redação Publicado em 16/11/2020, às 15h06

None
Elizabeth Moss em The Handmaid's Tale (foto: reprodução/ Hulu)

The Handmaid's Tale é considerada por vários uma série difícil de se assistir devido ao mundo distópico da narrativa. Nele, os EUA vivem sob um regime fundamentalista religioso opressor e profundamente misógino, responsável pelo sofrimento das protagonistas. 

A Rolling Stone Brasil elencou alguns dos momentos mais perturbadores de Handmaid's Tale. Fica o alerta de gatilhos para quem é sensível a temas como violência sexual.


Cerimônia das aias

A função das aias na sociedade distópica de Gilead é serem reprodutoras no mundo afetado por esterilidade e doenças sexualmente transmissíveis, por isso elas são estupradas repetidamente pelos Comandantes os quais elas são subjugadas. Todas as 'cerimônias' acontecem durante o período fértil das aias, em cenas sempre muito difíceis de se assistir.

+++LEIA MAIS: UOL lança plataforma de streaming com séries aclamadas como The Handmaid's Tale, Atlanta e conteúdo original


Mutilação genital

Emily era uma aia que mantinha um relacionamento com outra das mulheres mantidas em cativeiro em Gilead, isso é considerado um dos piores crimes. O Comandante dela, Glen, amarra Emily, enforca a parceira Martha na frente dela e ainda ordena a mutilação das genitais dela.

+++LEIA MAIS: Série Atlanta, de Donald Glover, é renovada para quarta temporada, antes mesmo da gravação da terceira


Dedo amputado por ler a bíblia

Serena é a esposa do Comandante Fred. A aia do casal é a protagonista June (Elizabeth Moss) e chegou a alertar a superior para não ler a bíblia na frente do marido, mas Serena ignora isso, é pega lendo por Fred e tem o dedo mindinho cortado brutalmente.

+++ Leia Mais: The Handmaid's Tale: terceira temporada ganha trailer sombrio; assista


Fred e Serena estupram June

Apesar da tentativa de June de ser amistosa, Serena decide ajudar Fred a estuprá-la enquanto está grávida. É uma cena perturbadora e mostra como o casal tem uma união opressiva e controladora. 

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes


+++ TOQUINHO: 'CADA COMPOSITOR TEM QUE BUSCAR A SUA VERDADE' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL