4 curiosidades sobre Marshmello: de identidade verdadeira a filantropia [LISTA]

O DJ mundialmente famoso celebra 29 anos nesta quarta, 19 de maio, e tem diversos hits

Camilla Millan Publicado em 19/05/2021, às 17h35

None
DJ Marshmello em apresentação no Festival iHeartRadio 2019 (Foto: Kevin Winter/Getty Images for iHeartMedia)

Vestido de branco com um capacete de marshmallow e um rosto desenhado, o músico Marshmello é dos DJs de destaque na atualidade. O astro de identidade anônima ficou conhecido por fazer diversos remixes de músicas conhecidas, e emplacou vários hits nos rankings da Billboard, como “Alone” e “Wolves”, com Selena Gomez.

Atualmente, muitos acreditam que Marshmello é, na verdade, Christopher Comstock, um produtor de música eletrônica e DJ. Para tentar preservar a identidade, o artista usa diversos outras celebridades sob o capacete - incluindo o mundialmente famoso Tiësto.

+++LEIA MAIS: 6 DJs mulheres incríveis para conhecer [LISTA]

Após uma grande investigação de fãs e veículos de imprensa, contudo, Comstock - também conhecido como Dotcom - tornou-se um dos nomes mais prováveis por trás do DJ. Entre as diversas semelhanças entre o produtor e Marshmello é o aniversário: 19 de maio.

Para marcar os 29 anos do DJ Marshmello (ou seria Christopher Comstock?) nesta quarta, 19, a Rolling Stone Brasil separou 4 curiosidades sobre o artista:

+++LEIA MAIS: Vintage Culture: como o jovem de 26 anos se tornou um DJ superstar e fenômeno da música eletrônica

Quem é Marshmello?

Apesar da tentativa de manter a identidade anônima, é muito provável que Christopher Comstock seja, de fato, Marshmello. O DJ e produtor é o nome por trás de Dotcom, e está sob o mesmo gerencialmente do músico secreto. 

Um dos fatos que provariam a identidade do DJ como Comstock é a empresa Marshmello Creative, LLC, fundada em 2015. O único gerente listado da empresa é o próprio Christopher Comstock

+++LEIA MAIS: Além de Alok: 5 fenômenos da música eletrônica brasileira [LISTA]


Remix de músicas famosas

O DJ ganhou popularidade por meio de diversos remixes de faixas populares. Com muita intensidade e personalidade, Marshmello trabalhou com as músicas “Hello”, da Adele, e “Where R U Now” de Justin Bieber e Skrillex - e ganhou muitos fãs.


Filantropia

Christopher Comsworth, o homem por trás de Marshmello, doou US$ 500 mil à Instituição Kids In Need Defense Foundation. Fundada em 2009, a organização oferece representação legal para crianças imigrantes que tentam entrar nos Estrados Unidos sem pais ou responsáveis.

+++LEIA MAIS: 5 melhores músicas de Adele, segundo a Billboard: de ‘Hello’ a ‘Rolling in the Deep’ [LISTA]


Inspiração em Deadmau5

Apesar dos atritos entre Marshmello e Deadmau5 nas redes sociais, Christopher Comsworth se inspirou no DJ para a criação da marca. Os dois usam capacetes, mas a ideia para Marshmello foi nunca tirar o adereço e manter a identidade preservada. 

+++ SUPLA: 'NA ARTE A GENTE TEM QUE SER ESPONTÂNEO' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL


+++LEIA MAIS: Além de Alok: 5 fenômenos da música eletrônica brasileira [LISTA]

Aloké um dos DJs mais queridos pelos brasileiros - e os números dos streamings comprovam isso. Com parcerias incríveis, que mesclam os mais diversos gêneros musicais, o artista ganha, cada vez mais, o coração do público ao redor do país - e do mundo.

Um exemplo do sucesso do DJ é “Hear Me Now”. O hit bateu a marca de 500 milhões de streams no Spotify, o que a coloca como música brasileira mais ouvida do streaming. Ainda, Alok é o artista brasileiro com maior número de ouvintes mensais, segundo dados da plataforma. 

+++ LEIA MAIS: Rolling Stones se juntam a Alok para remix de 'Living In a Ghost Town', primeira música da banda em oito anos

No entanto, para além do Alok, o cenário da música brasileira eletrônica cresceu - e segue crescendo - muito nos últimos anos, e há outros ótimos DJs que estão se consolidando e conquistando números incríveis nos streamings.

Para conhecer um pouco mais dos fenômenos da música eletrônica brasileira, a Rolling Stone Brasil selecionou DJs que seguem crescendo no cenário (inter)nacional - e que devem estourar ainda mais em 2021. Vale lembrar: além da lista abaixo, há uma série de DJs incríveis no país.

+++LEIA MAIS: Alok explode no Spotify e ‘Hear me Now’ vira música brasileira mais ouvida da plataforma


+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes


Vintage Culture 

Lukas Ruiz, ou Vintage Culture, ultrapassou a marca de 1,2 bilhão de streams globais, e segue sendo reconhecido por grandes nomes do cenário eletrônico mundial como Alok, Tiesto, Martin Garrix e Diplo. O DJ ocupa atualmente o 30º lugar do Top100 da DJ Mag

Em 2020, o artista emplacou dois hits nos charts da Billboard: “In The Dark”, com Fancy Inc, e o single “Deep Inside of Me”, com MKLA e Adam K. O artista explora os mais diversos ritmos e sonoridades a partir de parcerias - e brinca com canções em português e em inglês.

Um dos singles mais recentes, "Cali Dreams", feat. com Fancy Inc e The Beach lançado no dia 29 de janeiro, chegou a ganhar uma coleção de roupas exclusivas em uma colaboração com a marca Approve - sendo a segunda parceria do DJ com a empresa. 

A identidade visual da canção dialoga diretamente com a coleção, que materializa a atmosfera praiana e descolada das ruas da Califórnia. O cão Bento, fiel companheiro de Vintage e capa da canção "Cali Dreams", ganhou, inclusive, uma almofada com a ilustração. Ouça "Cali Dreams":

+++LEIA MAIS: Vintage Culture: como o jovem de 26 anos se tornou um DJ superstar e fenômeno da música eletrônica


Dubdogz

Formado pelos gêmeos Marcos e Lucas Schmidt, o projeto Dubdogz começou no final de 2015. A dupla busca mesclar sonoridades - do Deep House ao Nu Disco, e com ótimos resultados, os dois ganham o coração do público.

Com mais de 5 milhões de ouvintes mensais no Spotify, os números dos gêmeos seguem crescendo nas plataformas. Os DJs já fizeram remixes de grandes sucessos - e as versões são surpreendentes. O hit "O Sol" de Vitor Kley, o clássico "Dog Days" de Florence and The Machine, e a inesquecível "Dias Melhores" do Jota Quest são três exemplos que ganharam a cara do Dubdogz. 

Em 2021, a dupla chegou com tudo. "Everybody Wants to Party", lançada nesta sexta, 26 de fevereiro, é a mais recente parceria dos DJs - dessa vez, com JØRD. A faixa é muito especial porque marca o primeiro lançamento da Chorou Records, a tão esperada gravadora dos gêmeos. Ouça "Everybody Wants to Party":

+++LEIA MAIS: Dupla Fancy Inc conquista fãs com músicas cheias de personalidade


KVSH

Luciano Ferreira é um DJ e produtor mineiro que em pouquíssimo tempo conquistou o público brasileiro com o projeto KVSH. Atualmente, é um dos grandes nomes da música eletrônica nacional, com mais de 3 milhões de ouvintes mensais no Spotify, mais de 400 milhões de streams na plataforma, e mais 60 milhões de visualizações no YouTube.

O primeiro lançamento de 2021 acontecerá no dia 12 de março - "Sicko Drop", em parceria com Schillist. Embora não tenha lançado nenhum remix ou música inédita neste ano, 2020 foi um ano incrível em números para o DJ.

Em 2020, o artista compartilhou versões remixadas de hits inesquecíveis como de "Rhythm of The Night", em parceria com Felguk e Yaas, e "Louquinha", do MC K9 - e todas foram muito bem-recebidas pelo público. "Terrified", do ano passado, é um feat. com Vintage Culture, e atualmente, é a terceira canção mais ouvida do Spotify de KVSH

Ainda, em dezembro de 2020, o DJ entrou para a lista brasileira da Forbes Under 30 que destaca nomes de grandes talentos empreendedores e criadores com menos de 30 anos. Classificado na categoria Música, KVSH chamou atenção pela incrível carreira dentro e fora dos palcos.

Além da música, o artista tem uma marca, a KVSH Store, o próprio evento, a Festa KRUSH, e a gravadora com objetivo de revelar novos talentos da cena eletrônica, Lemon Drops

+++LEIA MAIS: Vintage Culture chega ao 2º lugar nas paradas dance/club dos Estados Unidos com hit 'In The Dark'

Ouça a parceria de KVSH, Dubdogz, Disorder e Lauren Nicole em "Love It (Sun Goes Down)":


Cat Dealers

Esta dupla representa um dos projetos mais bem sucedidos do cenário da música eletrônica brasileira, com uma discografia repleta de hits. Formado pelos irmãos, DJs e produtores musicais, Pedro e Lugui, o Cat Dealers já viajou ao mundo - e segue se consolidando (inter)nacionalmente.

Com mais de 3 milhões de ouvintes mensais no Spotify e mais de 329 milhões de visualizações no YouTube, Cat Dealers é um dos grandes nomes da música eletrônica nacional.

A dupla veio com tudo neste mês. Nesta sexta, 26 de fevereiro, o Cat Dealers lançou um remix de "You Got Me Baby", de Lushington. Na semana anterior, dia 22, a contagiante "Scars" foi a escolhida para ser compartilhada com o público.

+++LEIA MAIS: Vintage Culture no Tomorrowland: DJ é o único brasileiro a tocar no ‘palco principal’ do festival

Ouça "Scars":


Jetlag Music

JetLagMusic é uma dupla brasileira de música eletrônica formada pelos DJs Paulo Velloso e Thiago Mansur. O duo ficou conhecido em 2017 após lançar um remix do grande sucesso "Trem Bala", de Ana Vilela, e logo chamou atenção do público (inter)nacional, sendo nomeados pela New York Magazine de “Brazilian Superstar Duo”.

Desde o remix da canção de Ana Vilela, os números do JetLag nos streamings só crescem e a dupla conta com mais de 1 milhão de ouvintes mensais no Spotify e mais de 31 milhões de visualizações no YouTube. 

+++LEIA MAIS: Ícone da música eletrônica mundial, Armin van Buuren valoriza estilo no Brasil: "Definitivamente vivo e pulsante" [ENTREVISTA]

Ouça a versão da dupla de "Trem Bala":