4 detalhes para prestar atenção no figurino de Mulan, concorrente do Oscar 2021 [LISTA]

Adaptação live action da animação da Disney foi indicada ao Melhor Figurino

Mariana Rodrigues (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 27/04/2021, às 19h38

None
Liu Yifei como Mulan (Foto: Divulgação / Disney)

A Disney é conhecida por grandes filmes com histórias emocionantes, personagens cativantes e, claro, uma dose de magia. Nos últimos anos, o estúdio apostou nas versões live action de algumas das animações mais famosas, como Cinderela (2015), A Bela e a Fera (2017) e Aladdin (2019). A mais recente foi Mulan (2020), dirigido por Niki Caro e indicado ao Oscar por Melhor Figurino e Melhores Efeitos Especiais.

A história segue a mesma premissa da versão animada, no entanto, com algumas alterações. Mulan(Liu Yifei) é a filha mais velha de uma grande guerreiro chinês. Desde pequena, desenvolveu aprimoradas habilidades de batalha, mas sempre foi reprimida por ser mulher e ter como única obrigação conseguir um casamento.

+++ LEIA MAIS: Disney é atacada por filmar Mulan em província chinesa acusada de violar os direitos humanos

Quando o Imperador da China sofre uma ameaça, todas as famílias são obrigadas a enviar um homem para o exército. Para proteger o pai, a garota se disfarça de homem e parte para a guerra.

Mulan é uma das personagens mais destemidas da Disney e, por ser uma guerreira disfarçada, um figurino adequado é essencial para a história. Apesar da figurinista Bina Daigeler se inspirar nas roupas da animação, algumas alterações foram necessárias para ser mais fiel à cultura chinesa e também permitir o movimento dos atores. Pensando nisso, separamos alguns detalhes para prestar atenção no figurino de Mulan. Confira:

+++ LEIA MAIS: Eita! Novo Mulan é elogiado pelo visual, mas falta profundidade incomoda os críticos; veja as reviews do filme


Pesquisa

Qualquer figurino requer uma pesquisa para entender o contexto histórico - e com Mulan não foi diferente. Daigeler viajou até a China para visitar museus, bibliotecas e conversar com pessoas para entender mais sobre as vestimentas e cultura daquele povo.

"Pesquisei muito. Tentei absorver cada dinastia diferente e fazer o máximo possível de pesquisa visual dos diferentes períodos da cultura chinesa,” disse ao ComicBook.
No entanto, mesmo com muito material, Mulan ainda é um filme da Disney. Por isso, a figurinista queira garantir um pouco de magia nas roupas.

+++ LEIA MAIS: Atriz de Mulan enganou os outros atores com figurino masculino

Cena de Mulan (Foto: Reprodução)

 

"Nós queríamos um elemento de fantasia para fazer algo mais acessível para o público. Não é um documentário, afinal. Então, tivemos espaço para isso nas roupas dos aldeões e dos personagens místicos," explicou ao Bellow The Line.


Movimento

Mulan é um filme com cenas de guerra, e cenas de guerra exigem roupas adequadas para facilitar o movimento dos atores. No entanto, também precisam ser realistas. Por isso, a armadura de Mulan e dos outros soldados foi projetada para ser pesada e confortável na medida certa.

+++ LEIA MAIS: Por que a Disney gastou tanto em Mulan quanto em Bela e a Fera?

"Fizemos muitos protótipos para esse figurino, para torná-lo resistente, mas flexível o suficiente. Ensaiamos muito com ela e mudamos a roupa até ficar rígida, mas ainda, de alguma forma, mover-se com facilidade," comentou Daigeler.


Figurino da Bruxa

Xianniang(Gong Li) possui um dos figurinos mais complicados de se produzir, de acordo com Daigeler. Também conhecida como Bruxa, consegue se transformar em um falcão. As roupas e maquiagem refletem não só essa habilidade, mas, também, questões psicológicas mais profundas acerca de Xianniang.

+++ LEIA MAIS: Por que live-action de Mulan vai ter restrição de idade (e outros filmes da Disney não)?

Cena de Mulan (Foto: Reprodução)

 

Assim como Mulan, a Bruxa também quer ser respeitada no mundo dos homens. Por isso, o figurino era como uma armadura, algo que permitisse o movimento dela, mas também expressasse "a complexidade e tortura interna que a personagem sente," como explica a figurinista ao Bellow The Line.

"Para mim, a armadura é algo como um sentimento de estar presa. Porque a diferença de Mulan é que ela usa a armadura, mas se livra dela. Mas nossa Bruxa? Nunca. Ela fica na jaula. Então, há muitas ideias psicológicas por trás desse traje," completa Daigeler em entrevista ao ComicBook.

+++ LEIA MAIS: Manifestantes de Hong Kong pedem boicote à nova versão de Mulan após atriz apoiar polícia local


Cores e texturas

Cena de Mulan (Foto: Divulgação/Disney)

 

O figurino Mulan é muito colorido e isso não é por acaso. Nas cenas iniciais, é possível ver muitos tons nas roupas dos aldeões, como amarelo, laranja, vermelho e roxo. Inclusive, o vermelho predomina em praticamente todos os trajes de Mulan. "É uma cor icônica na China," disse a diretora Niki Caro em entrevista ao Disney+. Enquanto o preto, utilizado na roupa do exército inimigo, representa "terror, falta de amor e empatia."

Em cada peça, a figurinista Daigeler prezou por detalhes e utilizou a textura dos tecidos para criar sustentação e movimento. "Isso é algo no qual realmente presto muita atenção, porque quando você tem tecidos com textura, é muito mais rico para a câmera captar todos esses detalhes e isso torna tudo muito mais interessante," explicou ao ComicBook.

+++ LEIA MAIS: 5 curiosidades sobre Mulan: Mushu desrespeitoso, Christina Aguilera e mais


+++ HAIKAISS | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL


+++SAIBA MAIS: 7 curiosidades sobre Heath Ledger: nome, caracterização do Coringa, melhor amigo e mais [LISTA]

Apesar de ter vivido apenas 28 anos, Heathcliff Ledger (mais conhecido por Heath) marcou o cinema com papéis como Patrick Verona em 10 Coisas que Eu Odeio em Você (1999) e Coringa em Batman: O Cavaleiro das Trevas (2008)

Heath nasceu em Perth, Austrália, em 4 de abril de 1979. Neste domingo, completaria 42 anos. Confira sete curiosidades sobre o ator: da origem de nome a quem era o melhor amigo. 

+++LEIA MAIS: Além de Coringa: 4 papéis icônicos de Heath Ledger [LISTA]

Nome

O nome do ator, Heathcliff, foi inspirado em um personagem de O Morro dos Ventos Uivantes (1847), de Emily Brontë, livro preferido da mãe dele, Sally Ledger. Do mesmo romance, Sally tirou o nome de outra filha, Katherine. 


Primeiras experiências

Heath estudou na Guildford Grammar School, escola só para meninos, onde teve a primeira experiência como ator. Aos 10 anos, participou de uma montagem da peça Peter Pan.

+++LEIA MAIS: Warner queria a origem do Coringa de Heath Ledger em Batman: O Cavaleiro das Trevas; o que aconteceu?

Como ator profissional, um dos primeiros papéis da carreira foi em Home And Away (1988), espécie de novela teen a qual lançou várias estrelas australianas. Interpretou Scott por apenas 10 episódios e, apesar de ter feito muito sucesso, recusou propostas dos produtores para continuar.


Inspiração

Durante os anos de escola militar, Heath coreografou e dirigiu um grupo de 60 colegas para uma competição. Foi a primeira equipe masculina a disputar, e saíram vitoriosos. O ator comparou a apresentação ao estilo de Gene Kelly, de Cantando na Chuva (1952) e revelou como o dançarino era seu maior ídolo no cinema.

+++LEIA MAIS: Heath Ledger apanhou de verdade em uma das cenas mais violentas de Batman: O Cavaleiro das Trevas


Xadrez

Heath era um adorador de xadrez e jogava desde pequeno. Aos 10 anos, ganhou o campeonato júnior da Austrália Ocidental. Quando adulto, continuou o hábito e jogava frequentemente no Washington Square Park em Nova York (EUA). 


Gambito da Rainha

A partir do amor pelo xadrez, em 2008, anunciou planos de iniciar filmagens da adaptação do livro O Gambito da Rainha (1983). Teria sido a estreia de Heath como diretor de cinema. 12 anos depois, o romance foi adaptado para uma produção da Netflix e foi a série mais assistida de 2020, segundo JustWatch.


Jake Gyllenhaal

Colegas de elenco em O Segredo de Brokeback Mountain (2005), Heath e Jake Gyllenhaal se tornaram grandes amigos. O ator é, inclusive, padrinho da única filha de Ledger, Matilda.


Coringa

O vilão de O Cavaleiro das Trevas (2008) foi o papel de maior reconhecimento de Heath. Com ele, ganhou o Oscar póstumo de Melhor Ator Coadjuvante em 2009. Nas filmagens, projetou sozinho a composição do personagem. Segundo Heath, se Coringa fosse real, faria a própria caracterização.

+++LEIA MAIS: Heath Ledger recusou o papel de Batman antes de ser eternizado como Coringa de Nolan: 'Nunca vou participar de um filme de super-herói'

Foi à farmácia, comprou maquiagem e aplicou-a sozinho. Depois, a equipe de maquiagem apenas replicava o visual criado por ele.