4 erros mais gritantes (e irritantes) de The Walking Dead [LISTA]

Após 10 anos no ar, a série cometeu alguns erros no enredo

Redação Publicado em 31/03/2020, às 11h42

None
Jeffrey Dean Morgan em The Walking Dead (Foto: Reprodução)

As hordas sangrentas do apocalipse zumbi na América do Norte em The Walking Dead, série do canal AMC, surgiram na páginas dos quadrinhos de Robert Kirkman. Sucesso absoluto na televisão, a série está na décima temporada e não parece ter previsão para chegar ao fim tão cedo, com novos programas já confirmados.

Uma década no ar, The Walking Dead cometeu alguns erros no enredo ao longo das temporadas. O site ScreenRant listou alguns dos mais gritantes. 

+++ LEIA MAIS: Temporada de The Walking Dead será encurtada e episódio final da 10ª temporada é adiado

Armamento falso

As armas são parte importante de The Walking Dead, mas falta realismo em parte do armamento. Os personagens carregam rifles pesados e armas de alta potência como se fossem leves, até mesmo o pequeno Carl.

O furo poderia ser explicado pela habilidade dos personagens com as armas após tanto tempo de prática, mas também não há o recuo da arma ao ser disparada. Algumas cenas desobedecem a quantidade de munição de algumas armas. Esses detalhes tornam os disparos fajutos na série.


Apodrecimento dos zumbis

Até onde se sabe, os Caminhantes não têm prazo de validade e permanecem mortos-vivos até o cérebro ser prejudicado, mas os corpos continuam a apodrecer. Por isso, a probabilidade de haver zumbis “vivos” por muito tempo é alta, mas a série raramente mostra corpos completamente esqueléticos.

A série mostra muitos zumbis em diversos estados de apodrecimento, seria plausível ter muitos Caminhantes estivessem completamente decompostos após tanto tempo. 

+++ LEIA MAIS: Chefe da AMC admite que The Walking Dead perdeu audiência por causa de vilão


Combustível eterno nos carros

Os personagens de The Walking Dead usam carros abandonados com frequência e, geralmente, encontram os veículos abandonados com as chaves na ignição e o tanque cheio. Daryl pilota moto há anos, mas o grupo não parece se preocupar tanto em conseguir gasolina ou óleo nas buscas por suprimentos. 

Faz sentido o abandono dos carros durante uma emergência, mas o abandono por anos provavelmente prejudicaria o motor e o tanque de gasolina. Provavelmente, o combustível teria evaporado após longos períodos no sol, ou se degradar com o tempo. 


Infecção

Um dos maiores flagrantes de erro em The Walking Dead é a falta de clareza na forma de contágio pelo vírus mortal. No começo, personagens são mais cuidadosos e evitam ter contato com sangue ou fluídos corporais com a boca e os olhos. Depois, descobrem que o vírus já infectou a todos e permanece inativo nos humanos sobreviventes. 

Depois da descoberta, eles aparecem cobertos das entranhas dos Caminhantes sem consequências, e usam os restos dos zumbis como camuflagem. Tudo muda, porém, na oitava temporada, quando Negan e os Salvadores usam órgãos de zumbi nas armas para infectar inimigos. Como assim?


+++ TRAVIS SCOTT: O HYPE EM TORNO DELE REALMENTE FAZ SENTIDO?