4 fatos sobre o começo de The Big Bang Theory que você provavelmente esqueceu [LISTA]

A primeira parte da sitcom criou referências e piadas lendárias por toda a série

Redação Publicado em 23/11/2020, às 11h05

None
The Big Bang Theory (foto: reprod. Warner)

The Big Bang Theory teve uma primeira temporada com 17 episódios, que garantiu a renovação com a fantástica química dos personagens principais com exageros sobre nerdices e namoros. Mas também teve muita coisa da primeira temporada que foi esquecida depois.

O site ScreenRant compilou características da produção e piadas de Big Bang Theory que mudaram subitamente ou simplesmente sumiram e listamos algumas delas abaixo:


Bonés do Raj

Raj costumava brincar com bonés de beisebol na primeira temporada, sempre com o número bem nerd 42 estampado neles. Misteriosamente, os chapéus sumiram depois da primeira temporada. 

+++LEIA MAIS: The Big Bang Theory: As 4 atitudes mais irritantes de Amy na série [LISTA]


Sheldon nem sempre bateu 3 vezes na porta

Apesar do trauma de infância que leva  Sheldon a bater sempre três vezes em qualquer porta, no episódio 5 ele bate furiosamente na porta de Penny enquanto Leonard estava 'ocupado' no quarto.  

+++LEIA MAIS: Big Bang Theory: Kaley Cuoco fala sobre gravar cenas de sexo com o ex, Johnny Galecki


Penny tinha uma sacada

No episódio 6, Penny dá uma festa de Halloween no apartamento, que claramente tinha uma sacada. Mas, curiosamente, o cômodo nunca mais apareceu na série. 

+++LEIA MAIS: Big Bang Theory: Kunal Nayyar revela planos originais para Raj e como ele mudou o personagem


Sheldon estava afim de Penny?

Em um dos primeiros jantares da turma em conjunto, Sheldon se exibe com uma conta matemática complexa e aparenta um flerte com Penny. Será que os roteiristas da série tinham planos para formar um casal entre eles? 

+++LEIA MAIS: The Big Bang Theory: as 4 piores coisas que Penny fez com Sheldon, Leonard, Raj e Howard

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes


+++ TOQUINHO: 'CADA COMPOSITOR TEM QUE BUSCAR A SUA VERDADE' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL