4 filmes que perpetuaram o mito da Manic Pixie Dream Girl [LISTA]

Bonitas, descoladas e totalmente idealizadas, conheça quem são as Manic Pixie Dream Girl

Redação Publicado em 01/04/2021, às 12h46

None
Tudo Acontece em Elizabethtown (Foto: Reprodução /Paramount Pictures)

Uma personagem de beleza única, a qual possui uma personalidade excêntrica, exala independência e conquista facilmente os outros, mas é tão profunda quanto a idealização irreal do protagonista, que normalmente é um homem. 

Lembrou de alguma personagem do cinema com essas características? Bom, elas são conhecidas como Manic Pixie Dream Girl e fizeram sucesso em filmes da década de 2000.

+++ LEIA MAIS: Como filmes adolescentes como 'Barraca do Beijo' falham em representatividade ao repetir o estereótipo sexualizado de personagens não-brancos?

Em 2007, o crítico Nathan Rabin criou o termo após identificar personagens femininas "existem apenas na imaginação febril de diretores-escritores sensíveis para ensinar jovens melancólicos a abraçar a vida e os infinitos mistérios e aventuras dela".

Anos mais tarde, Rabin se desculpou por ter criado o termo, que passou a ser criticado por mirar nas particularidades femininas - afinal, foi criado e estigmatizado por homens. 

+++LEIA MAIS: Machismo, sexualização e assédio: 6 problemas de Barraca do Beijo 2 que precisam ser discutidos

Basicamente, a Manic Pixie Dream Girl move o personagem principal, mas está longe de ser a protagonista da história - aliás, muitas vezes, conhecemos pouco sobre ela e a visão de mundo dela.

Pensando nisso, listamos quatro filmes que perpetuaram o mito da Manic Pixie Dream Girl. Confira: 

+++LEIA MAIS: Por que é importante repensar no machismo em séries antigas como Friends e How I Met Your Mother? [ANÁLISE]

Garden State (2004)

Em Garden State, Natalie Portman é uma jovem com personalidade vibrante que se envolve com um ator após ele voltar para Garden State devido à morte da mãe dele. Conforme se conhecem, o protagonista enfrenta dilemas do passado e decide tomar um novo rumo. 


Tudo Acontece em Elizabethtown (2005)

Claire (Kirsten Dunst) é uma aeromoça que imediatamente se interessa pelo designer recém-desempregado Drew (Orlando Bloom)durante um voo. Claire decide acompanhar Drew no funeral do pai dele e transforma a vida do rapaz ao inspirá-lo a ver as coisas por outra perspectiva. (Foto: Reprodução /Paramount Pictures)

+++LEIA MAIS: Por que filmes com relacionamentos abusivos e tóxicos como 365 Dias e 50 Tons de Cinza ainda ganham tanto destaque? [ANÁLISE]


(500) Dias Com Ela (2009)

Summer (Zooey Deschanel) é colega de trabalho de Tom (Joseph Gordon-Levitt), que se apaixona rapidamente por ela. Os dois começam um relacionamento e Tom precisa lidar com o fato de que as expectativas dele nem sempre são compatíveis com a realidade.


Scott Pilgrim contra o Mundo (2010)

Muitas pessoas consideram Ramona Flowers (Mary Elizabeth Winstead) uma Manic Pixie Dream Girl. Outros acreditam que Scott Pilgrim era quem colocava a personagem nesta caixinha. Ramona é descolada, possui um cabelo singular, atrai os mais diversos olhares e é desejada pelo jovem protagonista, que precisa enfrentar os ex-namorados dela para continuar o relacionamento com ela. 

+++ LEIA MAIS: Sexismo, abuso e cyberbullying: A Netflix não cansa de errar nos filmes adolescentes [ANÁLISE]