4 furos de roteiro em O Esquadrão Suicida: habilidade de Sanguinário, soldados de Starro e mais [LISTA]

Mesmo conquistando críticas positivas, filme de James Gunn conta com alguns furos de roteiro

Felipe Grutter (com supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 09/08/2021, às 12h01

None
Rick Flag, Pacificador, Arlequina, Pensador e Sanguinário (Foto: Divulgação)

O Esquadrão Suicida conquistou bastante elogios do público e crítica, porém, algumas pessoas perceberam alguns furos de roteiro e situações mal explicadas na trama do filme dirigido por James Gunn. No entanto, o filme antecessor, lançado em 2016, contou com mais erros e reações negativas.

A trama acompanha o envio dos supervilões mais perigosos (assim como esquisitos) do mundo para a remota ilha de Corto Maltese, em uma tentativa do governo dos EUA de derrubar uma ditadura e destruir todos os vestígios do Projeto Estrela-do-mar. Sucesso de crítica, o filme conta com 91% de aprovação no Rotten Tomatoes.

+++LEIA MAIS: Esquadrão Suicida: Quem morre e quem vive no filme de James Gunn [LISTA]

Veja, abaixo, quatro furos de roteiro em O Esquadrão Suicida, segundo lista do Screen Rant:


Como plantaram bombas em vilões invulneráveis

No início do filme, o público vê como o governo mantém os supervilões sob controle: bombas implantadas nas nucas, para caso ocorra alguma desobediência, o dispositivo é acionado e a pessoa morre. Porém, não ficou claro como administram esse procedimento com personagens invulneráveis ​​como Tubarão-Rei (Sylvester Stallone) e Mongal (Mayling Ng), porque a pele de cada um seria mais poderosa em relação a qualquer agulha comum.

+++LEIA MAIS: Esquadrão Suicida: O que Idris Elba acha dos rumores sobre substituir Will Smith?


Como Blackguard entrou em contato com soldados de Corto Maltese?

No começo da missão na praia, Blackguard (Pete Davidson) revela como traiu o Esquadrão Suicida ao entregar a posição do grupo previamente. Ao invés de mudar de lado, soldados de Corto Maltese o matam com um tiro no rosto. No entanto, em nenhum momento a trama mostrou como a traição aconteceu: se foi uma ação solo do personagem, plano de Amanda Waller, entre tantas outras possibilidades.


Sanguinário é um atirador superestimado

Na maioria do filme, Sanguinário (Idris Elba) se mostrou um atirador exímio. Apesar disso, o personagem de repente perdeu a habilidade de atirar durante a batalha final contra Starro, O Conquistador, incapaz de acertar o olho grande e vulnerável da estrela-do-mar gigante com o rifle poderoso.

+++LEIA MAIS: Esquadrão Suicida: Qual personagem James Gunn desistiu de matar?


Os soldados de Starro são inúteis na batalha final

Embora a habilidade de Starro em transformar qualquer pessoa em um servo irracional, os soldados do vilão se mostraram surpreendentemente ineficazes durante a batalha final de O Esquadrão Suicida. Moveram-se como zumbis, avançando lentamente sobre a equipe, e não havia nada para impedi-los de se mover em um ritmo normal.


+++ FIUK: 'TENHO ROCK NA VEIA DESDE CRIANÇA' | ENTREVISTA | RS