4 motivos para acreditar que Space Jam não é tão valorizado quanto deveria

O filme foi lançado nos Estados Unidos em 15 de novembro de 1996

Redação Publicado em 17/04/2020, às 19h41

None
Cena de Space Jam (Foto: Reprodução)

Lançado nos anos 1990, Space Jam é um daqueles filmes cuja ideia é tão específica que pode ser um fracasso ou um sucesso. Estrelado por Michael Jordan, astro do basquete, o longa consegue juntar o esporte com personagens famosos dos Looney Tunes em uma versão única e peculiar.

+++LEIA MAIS: Vídeo vazado de Space Jam 2 mostra cena com O Máskara

Apesar dos prêmios e da bilheteria de mais de US$230 milhões, o filme não alcançou a fama merecida - e o Screenrant separou quatro motivos para acreditar que a produção dirigida por Joe Pytka foi subestimada; confira: 

Michael Jordan

No auge da carreira e da fama, Michael Jordan estava em todos os lugares da cultura popular. Naquela época, o astro era a referência de alguém que superou todas as dificuldades para alcançar os próprios sonhos - uma grande inspiração para os jovens espectadores do filme. 

+++LEIA MAIS: Documentário sobre ano mágico de Michael Jordan com o Chicago Bulls ganha novo trailer [VÍDEO]


Bill Murray

Em Space Jam, o astro interpreta um amigo de Michael Jordan, e além de ter um timing cômico certeiro, o carisma dele é um ponto de destaque na produção. Apesar do filme ser estrelado por Jordan, Bill Murray rouba o show em alguns momentos e ajuda a tornar as cenas ainda melhores.


Não leva nada a sério

Uma característica importante do filme é que ele se trata de diversão simples e sem adulterações. A produção consegue entreter sem levar as coisas a sério - nem a si próprio. 

+++LEIA MAIS: Filmagens de Space Jam 2 já começaram, revela LeBron James


Trilha sonora

A trilha sonora de Space Jam definitivamente funcionou com a narrativa do filme. Com vozes como a de Busta Rhymes, LL Cool J e Monica, a trilha sonora foi tão elogiada que foi certificada seis vezes como platina.


+++ SESSION RS: SCALENE TOCA ASSOMBRA