4 motivos para assistir ao It original [LISTA]

A primeira adaptação do livro de Stephen King estreou há 30 anos

Camilla Millan I @camillamillan Publicado em 06/11/2020, às 17h58

None
Tim Curry como Pennywise em It (1990) (Foto: Reprodução)

Em 18 de novembro de 1990, a minissérie televisiva It estreou na rede de canais americana ABC, representando a primeira adaptação da famosa obra de terror de Stephen King, lançada em 1986.

+++LEIA MAIS: It: Teoria de fã explica por que Pennywise anda com tantos balões vermelhos

Com duas partes e um total de 192 minutos, a minissérie de It representou uma ação ousada da ABC, já que, na época, as produções de terror não tinham grande popularidade na televisão. Contudo, a boa recepção da produção potencializou todo o sucesso de Stephen King, principalmente a longo prazo.

It foi classificado como a 10ª melhor minissérie/filme de televisão em 1990 pelo The Orange County Register - e não foi à toa. Apesar de não ter um sucesso instantâneo, a minissérie conseguiu conquistar gerações ao longo dos anos, se prendendo à cultura popular.

+++ LEIA MAIS: Por que o Pennywise só escolhe crianças?

Assim, em homenagem aos 30 anos da produção, a Rolling Stone Brasil separou 4 motivos para assistir ao It original:

Tim Curry como Pennywise

Na adaptação de 1990, Tim Curry encarnou o palhaço assassino Pennywise - e a interpretação foi assustadora. Assustada e atraente, a performance do astro conseguiu ser inquietante e aterrorizante para os espectadores da minissérie televisiva. 

A forma jovial do palhaço de Curry - assim como os olhos assustadores - ajudaram a popularizar a ideia do malvado Pennywise, que segue na cultura até hoje, mesmo após o lançamento de outras adaptações.

+++LEIA MAIS: It: A Coisa pode ganhar spin-off sobre Pennywise, diz roteirista


Significado de Pennywise

Em uma entrevista, o astro Tim Curry falou como definia Pennywise para ele - e isso explica muita coisa. A forma como o ator pensava no personagem deu características únicas (e assustadoras) ao palhaço - e talvez seja a melhor definição do palhaço já feita por alguém:

“Penso nele o tempo todo como um sorriso que se deteriorou. De certa forma, acho que os filmes de terror se distanciaram um pouco demais da mente. Tínhamos uma versão muito mais protética dessa maquiagem, que tinha uma aparência muito assustadora e muito bem executada, mas funcionava sozinha demais. E eu pessoalmente acho que o mais horrível é o momento de decisão por trás dos olhos de alguém quando eles decidem matar alguém - ao invés de meio litro de sangue... Sacrifica-se o elemento humano com grande risco.”

+++LEIA MAIS: It: A Coisa: os 5 momentos mais bizarros do livro


Traumatizou gerações

Como já foi dito, a atuação de Curry foi realmente icônica - e isso foi responsável por traumatizar gerações de espectadores. Mesmo com o passar dos anos e os avanços das técnicas de filmagem, é notável como o palhaço de Curry permaneceu na memória de todos que o assistiram na minissérie.

A interpretação de Curry se prendeu à cultura popular de tal maneira que pode (e deve) ser considerada como uma das maiores responsáveis por esse “medo de palhaço”, sentido tanto por jovens quanto adultos.

+++LEIA MAIS: Mestre do terror, Stephen King transformará a própria casa em “internato” para escritores


Premiações e críticas

Como já foi dito, It, foi bem recepcionado quando estreou em 1990. Além de ter recebido o Emmy de Melhor Trilha Sonora - Especial/Mini-série, ele foi indicada na categoria de Melhor Edição - Especial/Mini-série.

Além disso, alguns críticos foram muito positivos quanto à produção. Farrell Peter, do The Oregonian, escreveu: “O melhor show de terror já feito para a rede de televisão, e entre as melhores minisséries de qualquer gênero oferecido este ano”. 

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes


+++ TERNO REI | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO