4 motivos para assistir Os Filhos de Sam, nova série de true crime da Netflix [LISTA]

A produção documental apresenta um grande trabalho de investigação, além de uma narrativa instigante

Camilla Millan Publicado em 10/05/2021, às 18h32

None
David Berkowitz, conhecido como o "Filho de Sam" (Foto: Divulgação/Netflix)

David Berkowitz é um dos serial killers mais notórios dos Estados Unidos. Conhecido como “Filho de Sam”, o assassino foi capturado e condenado à prisão perpétua, mas a solução dos crimes pode não ser tão simples assim.

Conforme apresentado pela série documental Os Filhos de Sam, da Netflix, a rede de crimes na qual Berkowitz estava envolvido é ainda mais complexa. Dirigida por Joshua Zeman, a produção acompanha a investigação frenética do jornalista Maury Terry, convencido de que os casos também estavam relacionados a uma seita satânica.

+++LEIA MAIS: Por que a cultura pop tem obsessão por serial killers? [ANÁLISE]

Além de lidar com teorias da conspiração, a série usa argumentos palpáveis para provar que, talvez, o "Filho de Sam" não tenha sido o único envolvido nos crimes chocantes que assustaram a cidade de Nova York, Estados Unidos, entre 1976 e 1977.

Confira 4 motivos para assistir Os Filhos de Sam, nova série documental de true crime da Netflix:

+++LEIA MAIS: 4 séries documentais de true crime na Netflix para quem gostou de Cena do Crime: Mistério e Morte no Hotel Cecil [LISTA]

Perfeita para maratonar

A produção tem apenas quatro episódios de cerca de uma hora cada. Por isso, a série é perfeita para maratonar em um final de semana. Além dos poucos capítulos, o ritmo certeiro e narrativa instigante aceleram a série - assim como a vontade de acabar a história.


Diferentes perspectivas

Além de abordar a investigação de Maury Terry, a produção não ignora opiniões contrárias as do jornalista. Os Filhos de Sam conta com diversas entrevistas e materiais importantes que também apresentam diversos outros fatos sobre a investigação.

+++LEIA MAIS: 4 motivos para assistir Night Stalker se você é fã de true crime [LISTA]

Assim, cabe ao espectador analisar as provas e argumentos para defender (ou não) um ponto de vista.


Investigação profunda

Maury Terry passou anos buscando respostas para os assassinatos do "Filho de Sam". Segundo retratos falados, linhas temporais e outros fatos investigados, o jornalista passou a acreditar que os crimes estavam envolvidos por uma seita satânica.

+++LEIA MAIS: 3 motivos para assistir (e 3 para não assistir) Cena do Crime: Mistério e Morte no Hotel Cecil [LISTA]

A série se aprofunda na ampla investigação do jornalista. Os espectadores entram em contato com diversas evidências, fotografias, gravações originais e áudios surpreendentes que apresentam o esforço do diretor em transmitir a visão de Maury Terry - e tudo isso é acompanhado pelas provas também analisadas pela polícia.


Amantes de true crime e teorias da conspiração

Muitas vezes, as teorias da conspiração apenas atrapalham investigações de crimes reais - mas não é o caso de Os Filhos de Sam. A produção apresenta como, de fato, a intuição e algumas conspirações podem levar a diferentes (e factíveis) âmbitos de investigações criminais.

+++LEIA MAIS: O dia que uma cidade inteira ouviu jazz para escapar das garras de um serial killer [FLASHBACK]


+++ MV BILL: 'A GENTE TEM A PIOR POLÍTICA DE GOVERNO PARA O PIOR MOMENTO' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL