4 referências incríveis em Umbrella Academy - que ninguém percebeu

A série da Netflix menciona diversos fatos ligados à cultura pop

Redação Publicado em 19/08/2020, às 17h54

None
The Umbrella Academy 2 (Foto: CHRISTOS KALOHORIDIS/NETFLIX)

[Contém Spoilers de Umbrella Academy]

A segunda temporada de Umbrella Academy estreou na Netflix há algumas semanas, e está repleta de referências ligadas à cultura pop. São piadas sobre eventos, músicas e filmes que não existiam até o ano de 1963 - e provavelmente você não percebeu. As informações são do Cheatsheet.

Inspirada na HQ de Gerard Way, fundador do My Chemical Romance, a série da Netflix tem diversas cenas que remetem à cultura pós-1963. Confira a lista do Cheatsheet:

+++LEIA MAIS: 4 segredos e easter eggs escondidos em Umbrella Academy 2

Klaus forma um culto baseado na cultura pop

Na 2ª temporada, os irmãos Hargreeves viajam de volta a 1963. Como viajantes do tempo desde o ano de 2019, eles têm um grande conhecimento sobre o que acontece ao longo da história.

Klaus (Robert Sheehan) se torna o líder de "Destiny’s Children", uma seita com um sistema de crenças baseado em trechos de canções de artistas como Gloria Gaynor e os Backstreet Boys. As pessoas de 1963 não percebem isso, mas o uso absurdo das letras por Klaus é um fator interessante. 

+++ LEIA MAIS: Ué? Umbrella Academy 2 não respondeu a maior pergunta primeira temporada


Diego faz uma piada de Star Wars

Depois de tentar ir atrás de Lee Harvey Oswald e impedir que John F. Kennedy fosse assassinado, Diego (David Castañeda) foi colocado em um hospício. Durante uma sessão de grupo, ele discutiu com um dos médicos e fez referência a Star Wars, que ainda não existia. 

Na cena, ele fala. "Sou um homem adulto, dr. Moncton". Depois de apontar a oposição do personagem a seu pai, Diego respondeu: “Sim, por que você não diz isso a Luke Skywalker? Eu sei que você não entende, mas essa é uma excelente referência”.

+++LEIA MAIS: 6 curiosidades sobre o fenômeno Aidan Gallagher - o Cinco de Umbrella Academy [LISTA]


Número Cinco tira o chapéu para Arquivo X

Quando Cinco (Aidan Gallagher) chegou pela primeira vez nos anos 1960, ele se conectou com Elliot (Kevin Rankin), um homem ligeiramente obcecado pelo sobrenatural. Ele estava rastreando cada chegada dos irmãos Hargreeves, acreditando que fossem alienígenas.

Então, Cinco provocou Elliot levemente, perguntando se ele sabia algo sobre a Área 51 ou Roswell, e recebeu como resposta: "É tudo verdade, certo? OVNIs - círculos nas plantações?!” O personagem, contudo, falou de forma anacrônica: "Bem, a verdade está lá fora", disse ele com um sorriso.

+++LEIA MAIS: Todos os poderes de Umbrella Academy explicados


Outras menções de Arquivo X em The Umbrella Academy

Um fã da produção escreveu no Reddit sobre as referências: “Os escritores [de Umbrella Academy] realmente gostam de Arquivo X. O Majestic 12 [é] o sindicato e a menção do incidente de Roswell, [e] a citação de Cinco de 'a verdade está lá fora'”.

O fã notou outra ligação com Arquivo X: “A música tocada durante um dos primeiros episódios [é] a mesma [música] que tocou durante o funeral do pai de Scully”.

+++ LEIA MAIS: Review de The Umbrella Academy 2: mais problemáticos, mais confusos, ainda mais incríveis


+++ DECLACRUZ SOBRE FILHOS, VIDA E MÚSICA: 'ME ENCONTREI NO AMOR, NA FAMÍLIA, NO LADO BOM'