40 anos de Moving Pictures, do Rush, o disco da música do 'MacGyver'

Em 12 de fevereiro de 1981, Rush lançava Moving Pictures, trabalho que rendeu a música tema da série Profissão: Perigo e marcou geração

Itaici Brunetti | @itaicibrunetti Publicado em 13/02/2021, às 13h00 - Atualizado às 18h39

None
Moving Pictures, do Rush (Foto: reprodução)

Para crianças e adolescentes que cresceram na década de 1980, ouvir "Tom Sawyer" hoje em dia, a primeira faixa do álbum Moving Pictures, do Rush, é deixar ser transportado àquela fase ingênua da vida em que as tardes de domingos eram ocupadas frente às TVs de tubo para assistir a série Profissão: Perigo. 

"Tom Sawyer" e seu teclado marcante que chama a atenção logo no início da canção se tornou tema da série exibida pela Rede Globo, que tinha como personagem principal o agente secreto Angus MacGyver, interpretado pelo ator Richard Dean Anderson. Devido a tal exposição midiática, Moving Pictures acabou se tornando o álbum mais conhecido do Rush

Nesta sexta, 12, Moving Pictures completou 40 anos de seu lançamento, posto ao mundo em 1981. O oitavo trabalho de inéditas da banda de Geddy Lee,Alex Lifesone Neil Peart foi o primeiro do grupo a alcançar a 3ª posição na Billboard 200 e vendeu mais de 4 milhões de cópias nos EUA. 

+++LEIA MAIS: Em 1979, Rush foi nomeado Embaixador de Música do Canadá

A canção "Tom Sawyer", inspirada no personagem de mesmo nome dos livros de Mark Twain, chegou a alcançar a posição 44 da Billboard Hot 100, e 8 na contagem de Rock Mainstream da publicação. Outro hit do álbum, "Limelight", chegou ao 55º lugar da Billboard Hot 100 e ao 4º na de Rock Mainstream

Mas, Moving Pictures não se limita a esses dois hits. O disco também apresentou outras grandes músicas como "Red Barchetta" e a faixa instrumental "YYZ", muito amada pelos fãs e que rendeu ao grupo uma indicação ao Grammy Awards de 1982 na categoria de Melhor Música de Rock Instrumental

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes

A capa de Moving Pictures foi criada pelo designer gráfico e músico Hugh Syme (criador do famoso logotipo "Starman" do Rush e que já trabalhou com Aerosmith, Iron Maiden, Megadeth e Whitesnake). A Arte apresenta carregadores movendo quadros enquanto três adultos e duas crianças os observam. Na contracapa, uma equipe de filmagem capta a cena como se fosse uma espécie de making of.

Além de ser um disco icônico, Moving Pictures deixou um legado para os adultos de hoje que eram vidrados em Profissão: Perigo: ao realizar um simples feito de modo não convencional, tal como conseguir abrir uma garrafa de vinho sem o saca-rolhas, por exemplo, ou qualquer outro utilizando um canivete, é impossível não lembrar imediatamente da música tema da série e se sentir o próprio MacGyver.

Com "Tom Sawyer", o Rush criou o hino das pequenas conquistas impossíveis. 

+++LEIA MAIS: Um ano sem Neil Peart: Relembre 5 grandes clássicos do Rush [LISTA]


+++ PAI EM DOBRO | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL