43 anos de Rocky: entenda a história do boxeador mais adorado do cinema

Em cada filme, o lutador provou a sua coragem e evolução como personagem nos anos da franquia

Redação Publicado em 06/08/2019, às 12h24

None
Sylvester Stallone como Rocky (Foto: Reprodução)

Com a gama de filmes envolvendo esportes e histórias inspiradoradoras sobre atletas, não existe segredo quanto ao favoritismo de Rocky Balboa. Com uma narrativa seguida em oito capítulos, Rocky tornou-se uma das franquias mais queridas do cinema. 

Afinal, o personagem é um perdedor mas que acaba superando qualquer obstáculo que aparece em seu caminho. Em cada filme, ele foi capaz de provar a sua coragem, seja lutando contra um câncer ou nocauteando alguns oponentes. E já que fazem 43 anos desde a primeira vez que Rocky entrou num ringue contra o Apollo Creed, vale a pena revisitar sua história. 

+++ LEIA MAIS: Sylvester Stallone deixa a entender que não viverá mais Rocky Balboa

Quem é Rocky Balboa? 

Em 1975, quando fomos apresentados a Rocky Balboa, ele ainda está muito longe de ser tornar o lendário campeão que muitos fãs conhecem e amam hoje. Mas, quando o Torneio Bicentenário dos Estados Unidos aconteceu em 1976, Rocky aparece como o centro das atenções, e conheceos personagens que moldarão sua vida durante os próximos anos. 

Ele sai da sombra do campeão dos pesos pesados ​​Apollo Creed, e se torna tão grande quanto a própria franquia de Balboa. No momento inicial, o oponente de Creed recua de uma luta planejada, e oferecem a Rocky U$150 mil para que ele entre na luta. Então, Rocky inicia uma dieta regrada e um treinamento para a disputa.

+++ LEIA MAIS: Fui pego de surpresa, diz Michael B. Jordan sobre 'herdar' o legado de Rocky Balboa

Ao longo do caminho, ele se apaixona por Adrian Pennino, ao mesmo tempo em que lida  com seu irmão, Paulie, que apesar do alcoolismo e má atitude, ele é o seu melhor amigo, e quando chega a hora da luta contra Apollo, Paulie está sentado no ringue, aplaudindo Rocky.

Embora Rocky perca a luta, ele termina ao lado de Pennino e ganha o respeito da comunidade de boxe, o que o impulsiona para coisas maiores e melhores.

A revanche com o Apollo Creed

Rocky II - A revanche começa no dia de Ano Novo de 1976, na mesma noite da luta do primeiro filme. Os fãs de boxe insistem em uma revanche entre os dois lutadores e Rocky sonha em terminar a luta sem ser nocauteado pelo campeão dos ringues. 

Neste filme, vemos o tamanho do ego de Creed. Apesar do personagem receber ofertas para lutas profissionais, ele fica obcecado pela sua partida com Rocky e o incita para uma revanche, que Rocky aceita depois de se dar conta que os casamentos são caros e fazer comerciais não é tão satisfatório quanto ganhar partidas. Nesse meio tempo, ele pediu a mão de Adrian, que revela que está grávida logo após o casamento. 

Rocky acaba tendo um câncer e Mickey, seu treinador, inicialmente se recusa a ajudá-lo a treinar. Até o momento que os insultos de Creed vão longe demais e ele decide ajudar o lutador. Depois do nascimento de seu filho, Robert, Rocky vai atrás de Creed com vigor renovado. A briga termina com os dois sendo derrubados, mas apenas Rocky encontra equilíbrio. Assim, Rocky Balboa é o novo campeão mundial dos pesos pesados.

Desafios e mudanças 

Cinco anos depois de ganhar o campeonato, a vida de Rocky é bem diferente. Mesmo que Adrian, Robert e Paulie ainda estejam por aí e Mickey seja o treinador de Rocky, depois de dez título bem sucedidos, Rocky está bem sucedido. Com dinheiro no bolso, uma família em crescimento e uma carreira de sucesso, ele está prestes a se aposentar quando um jovem, chamado James Clubber Lang o acusa de ganhar fácilmente por ter escolhido suas lutas a dedo. 

Mickey revela que Lang está certo e o campeão aceita o desafio de Lang. No entanto, como Mickey temia, a fama fez Balboa perder sua vantagem. Antes de sua grande luta, Lang confronta Rocky nos bastidores e empurra Mickey, fazendo com que ele tenha um ataque cardíaco. Furioso e distraído com a condição do seu treinador Rocky perde a luta pelo campeonato no segundo round e mente para Mickey sobre o resultado, assim, ele morre em paz nos bastidores.

Mesmo com a morte de um personagem principal, Rocky III também marca a virada de Apollo Creed de inimigo para melhor amigo. Depois de testemunhar a derrota para Lang, Creed leva Rocky para Los Angeles e, junto com o treinador Tony Evers, ensina-o a lutar usando um estilo de boxe mais Muhammad Ali. Depois de Creed ajudá-lo melhorar da depressão de perder Mickey, Rocky derrota Lang em uma revanche de 1982. O filme termina com Rocky e Apollo solidificando sua amizade com uma partida de box amigável.

+++ LEIA MAIS: Ex-Creed, Scott Stapp lamenta morte de Chris Cornell e Chester Bennington: "Poderia ter sido eu"

Rocky na Guerra Fria 

Em 1985, um boxeador russo chamado Ivan Drago recebe recursos da União Soviética para provar que sua capacidade atlética é incomparável perto de qualquer americano. Claramente, essa afirmação não combina com Apollo Creed.

Então, os dois lutam e o russo mata Creed no ringue. Este é um dos momentos mais devastadores da franquia, já que Rocky se sente imensamente culpado. 

Querendo vingança, Rocky desafia Drago para uma luta, que ele só aceita sob a condição de que isso ocorra na Rússia. Rocky, em luto, é acompanhado por Paulie e Duke, e treinam de maneira muito simples e fundamentada, comparado ao treinamento de máquinas e alta tecnologia de Drago. Com o tempo, Duke se solidifica como um dos melhores treinadores de Rocky, constantemente encorajando-o a não sentir dor pelo o russo e simplesmente acabar com ele. 

Eventualmente, ele derruba Drago na 15ª rodada e oferece um discurso famoso sobre como encontrar a paz entre as nações rivais. E com isso, Rocky teve sua maior vitória, mas à custa de seu melhor amigo.

Rocky x Gunn

A maioria das batalhas de Rocky até este momento foram físicas e no ringue. Rocky V quebra esse molde e encontra o campeão lutando com aposentadoria e paternidade. Ser pai é especialmente difícil agora que Robert Balboa é um adolescente. As coisas ficam ainda mais complicadas quando Rocky e Adrian retornam da Rússia e descobrem que as suas finanças foram mal administradas, e a família não tem mais o brilho e o glamour de desfrutaram. Além disso, Rocky descobre que ele tem uma lesão cerebral grave. 

Com isso, Rocky reabre o ginásio de Mickey e vive treinando um jovem chamado Tommy Gunn. O seu comprometimento com o rapaz faz com que Rocky deixe Robert de lado, e com isso, o seu filho começa a sair do controle. Então Rocky volta a se concentrar na paternidade e ganha o carinho de seu filho. Neste filme, os verdadeiros heróis são as pessoas que estão ao redor de Rocky. 

Mais uma rodada? 

Depois de um conflito, Gunn desafia Rocky em uma briga de rua e após vencer, o icônico boxeador desaparece do mundo do esporte por um bom tempo. Por isso, o encontramos com os seus 50 anos, aposentado administrando um restaurante italiano. No entanto, a maior mudança em sua vida vem quatro anos antes, quando sua amada esposa, Adrian, morre devido ao câncer.

O ex-campeão e de luto passa seu tempo conversando com os clientes e contanto histórias sobre os seus dias de glória. 

Felizmente, tudo isso muda depois que a ESPN transmite um programa intitulado "Then vs Now", uma luta simulada por computador entre antigos lutadores e atuais. Em uma delas, aparece Rocky e Mason Dixon, um novo campeão dos pesos pesados.

Depois que a luta simulada inspira Rocky a voltar ao boxe, os promotores de Dixon veem uma oportunidade de promover um confronto entre os dois em Las Vegas. (Enquanto ao dano cerebral no  Rocky V, ele simplesmente desaparece) 

Com a ajuda de Duke e seu filho Robert, Rocky luta de igual para igual com Dixon e, graças ao seu treinamento de força, chega mais longe contra o lutador. No final, a luta chega em um empate. Como Rocky deixa a arena, Dixon é declarado o vencedor, mas Rocky leva a verdadeira vitória, tendo renovado a sua confiança em si mesmo e ter provado ao mundo que ele ainda é capaz. 

+++ LEIA MAIS: Playlist de Creed 2: Michael B. Jordan e Florian Munteanu contam suas músicas favoritas de treino

É a vez do Creed 

O primeiro filme do Creed leva o público de volta a 1998, onde Adonis Johnson descobre que ele é filho de um caso extraconjugal entre sua mãe e Apollo Creed. Mary Anne, esposa de Apolo, aceita essa juventude problemática e o cria.

Chegamos em 2015. Adonis está pronto para seguir os passos de seu pai e se tornar um boxeador. No entanto, quando ninguém vai treiná-lo, ele vai para a Filadélfia para procurar Rocky.

Assim como Rocky foi escolhido por Apollo, Adonis é escolhido pelo atual campeão, Ricky Conlan, como sua última luta antes de uma sentença de prisão. Enquanto Creed e Rocky treinam para a partida, Balboa revela que ele foi diagnosticado com Linfoma não Hodgkin. 

No começo, Rocky se recusa a procurar tratamento, mas Adonis o encoraja, dizendo que ele não vai lutar a menos que Rocky lute. Assim, ele decide lutar contra o câncer quando o jovem Creed enfrenta o campeão em Liverpool. Adonis, com seu novo amor, Bianca, treina duro para a luta, e a disputa acaba refletindo na primeira partida de seu pai com Balboa.

Ele perde o jogo, mas acaba ganhando o respeito da torcida e da comunidade de boxe. 

Adonis chega a um acordo consigo mesmo e com o legado de seu pai, dá significado à vida de Rocky. Depois de trazer o filho do seu maior adversário para o mundo do boxe, o outro grande oponente de Rocky retorna com concorrente assustador.

Em 2018, três anos após a perda de Adonis do primeiro filme, ele se tornou um campeão, com Rocky e Bianca ao seu lado. Mas justo quando a carreira de Adonis está decolando, Ivan Drago retorna com seu filho, Viktor, para desafiá-lo.

Esta é uma luta especialmente pessoal para Adonis e Rocky, já que Drago matou Apollo no ringue, e seu filho não parece ser misericordioso.

Ao seguir um arco similar ao de Rocky III, Creed II apresenta um Adonis desfocado a perder para o candidato mais feroz. Enquanto isso, Rocky é capaz de enfrentar Drago décadas depois de derrotá-lo em Moscou. Acontece que esses anos não foram gentis com Drago, que foi banido da Rússia depois de perder a luta. 

Rocky decide ir a Vancouver para se reconciliar com seu filho, enquanto Creed recebe seu primeiro filho com Bianca. No que poderia muito bem ser o último capítulo da história de Rocky, o boxeador venceu todas as suas batalhas e treinou alguém para continuar seu legado. 

+++ LISTA: 13 segredos de 'Ladrão', o terceiro disco do Djonga e um dos melhores de 2019