5 aspectos apaixonantes do Sour Prom, filme concerto de Olivia Rodrigo [LISTA]

Olivia Rodrigo leva o público para um baile tradicional das escolas norte-americanas enquanto canta as músicas do disco de estreia, Sour

Redação Publicado em 30/06/2021, às 13h35

None
Olivia Rodrigo capa de Sour Prom (Foto: Divulgação)

Olivia Rodrigo sabe como levar o público ao universo adolescente - seja para viver, reviver, revisitar ou se identificar. Mais uma vez, a jovem cantora de 18 anos traz a realidade dela em forma de um filme concerto do disco de estreia, Sour - perfeito para matar um pouquinho da saudade dos shows, suspensos por tempo indeterminado em diversos países devido à pandemia de coronavírus

Lançado nesta quarta, 30, o vídeo acompanha a estrela pop em um baile tradicional das escolas norte-americanas enquanto canta as músicas do álbum. Com um visual impecável, cenários belíssimos, coreografias bem-construídas e interpretações espetaculares, Olivia Rodrigo apresenta todas as faixas do Sour de modo interessante.

+++LEIA MAIS: Olivia Rodrigo ecoa dores de romances trágicos e desfruta da estética do bedroom pop em Sour [REVIEW]

Algumas canções ganham novas versões, outras são reimaginadas em mash-ups, mas todas as onze músicas do disco de estreia aparecem de alguma maneira ao longo dos 30 minutos do filme concerto. Ainda, todas são somadas a essa identidade visual do universo adolescente norte-americano. 

Ao analisar o icônico filme concerto de Olivia Rodrigo, listamos os cinco aspectos mais apaixonantes do Sour Prom. Confira:

+++LEIA MAIS: Quem é Olivia Rodrigo: família, carreira, Sour e mais [LISTA]

Mash-up: Happier vs. Deja vu

Para conseguir cantar todas as músicas em 30 minutos, a artista aposta em diferentes formas de interpretá-las. E, para abrir o filme concerto, um mash-up impecável das faixas "happier" e "deja vu" foi escolhido. Ambas ganham versões diferentes das apresentadas anteriormente no disco. 


Traitor

Um dos momentos mais sensíveis de Sour Prom é quando Olivia Rodrigotransborda sentimentos ao cantar "traitor". A lírica da canção é sensível, e ao interpretar a música, a artista ecoa todas as emoções.

+++LEIA MAIS: Olivia Rodrigo revela: 'Nunca quis ser uma garota pop'

Todo o momento que compõe a cena também traz um tom igualmente sensível e profundo - com destaque, mais uma vez, para a interpretação vocal de Olivia Rodrigo


Cenários

Os cenários construídos para o baile de Soursão belíssimos e remetem às cenas que vemos em filmes adolescentes. As referências ao universo pop são constantes ao longo do filme concerto - nos figurinos, maquiagens, coreografias, etc.

+++LEIA MAIS: Como Olivia Rodrigo, com apenas 18 anos, faz história na música pop?


Coreografias

As músicas também ganham coreografias com uma linguagem corporal muito interessante que, em sua maioria, dialoga com a sonoridade e lírica das canções. A equipe de dançarinos conduz muito bem o ritmo proposto pelo vídeo. 


Good 4 u

Para encerrar esta belíssima composição audiovisual, Olivia Rodrigo escolheu o sucesso mais recente, "good 4 u". A apresentação é grandiosa, brilhantemente conduzida pela artista, e repleta de elementos - coreografias, bandas, figurinos, e mais. 

+++LEIA MAIS: As 5 melhores músicas de Sour, disco de estreia de Olivia Rodrigo, segundo a crítica [LISTA]

Assista ao Sour Prom:


+++ OS 5 DISCOS ESSENCIAIS DE BOB DYLAN | ROLLING STONE BRASIL