5 curiosidades sobre O Quinto Elemento, estrelado por Milla Jovovich [LISTA]

O filme estreou no Festival de Cannes no dia 7 de maio de 1997

Julia Harumi Morita Publicado em 07/05/2021, às 15h46

None
Cena de O Quinto Elemento (Foto: Reprodução via IMDb)

Há exatos 24 anos, O Quinto Elemento (1997) estreou no Festival de Cannes e provocou críticas divididas. Dirigido por Luc Besson, o filme de ficção científica retrata uma busca por quatro pedras, representantes dos quatro elementos, para salvar a Terra de uma ameaça intergaláctica.

Estrelado por Bruce Willis, Gary Oldman e Milla Jovovich, o filme se tornou um clássico cult e os visuais dos personagens se tornaram ícones. Em homenagem à obra, confira 5 curiosidade sobre a produção:

+++LEIA MAIS: 4 curiosidades do clássico Uma Linda Mulher [LISTA]

A história foi escrita no ensino médio

Em entrevista ao site Nerdist, Besson revelou que começou a escrever o enredo do longa-metragem aos 16 anos, quando estava no ensino médio. Para o diretor, a narrativa seria transformada em um romance, mas 10 anos depois, decidiu transformá-la em um filme.


Participação de Prince

Inicialmente, o papel de Ruby Rhod seria interpretado por Prince. De acordo com o Consequence, a história foi revelada durante uma exibição do designer Jean Paul Gaultier no Brooklyn Museum.

+++LEIA MAIS: 14 anos do show inesquecível de Prince no Super Bowl [FLASHBACK]

Segundo Besson, Prince achou o figurino dele "muito feminino" e se sentiu insultado por Gaultier ao ouvir "fuck you", do inglês, "vai se f*der", ao invés de "faux cul", do francês, "bunda falsa" - termo que usou para descrever o figurino.

Além dos problemas de comunicação, Prince também não tinha disponibilidade, pois estava em turnê, de acordo com uma publicação do diretor no Twitter.

+++LEIA MAIS: 8 curiosidades do clássico Curtindo a Vida Adoidado [LISTA]


A maior explosão filmada em um espaço fechado

Em certo momento, o filme mostra uma explosão no salão principal de Fhloston. Sem efeitos digitais, a produção realmente provocou uma explosão - na época, a maior feita em um ambiente fechado, de acordo com o site Screen Rant.


Um música impossível

O músico Éric Serra criou uma composição grandiosa para a Diva Plavalaguna (Maïwenn), porém, Inva Mula, a artista responsável pela dublagem musical da personagem, considerou a canção impossível de ser reproduzida.

+++LEIA MAIS: 4 filmes com 0% de aprovação da crítica especializada [LISTA]

No fim, para poder alcançar as notas agudas com velocidade, a artista gravou trechos isolados, os quais foram emendados na edição. (Via Screen Rant)


Sequência

O Quinto Elemento quase ganhou uma sequência, segundo o Comic Book. "Foi enorme no resto do mundo e é um clássico, mas só rendeu US$ 75 milhões aqui ou US$ 80 milhões. Estava muito à frente de seu tempo. Então, nunca fizemos a sequência, e a sequência teria levado a outra coisa de 180 páginas que [Besson] tinha," disse o escritor Robert Kamen para o Uproxx.

+++ LEIA MAIS: 4 curiosidades sobre Fragmentado, filme de M. Night Shyamalan

Contudo, Besson mudou de ideia. Em 2017, o diretor disse para o Comic Book que a narrativa não tinha força para um novo longa. "[Os protagonistas] simplesmente moram juntos e são felizes. Ela é o Quinto Elemento e é isso, eles resolvem o problema. Portanto, não, não acho que [uma sequência] será boa. Será falsa. Será apenas por dinheiro, e não estou interessado."


+++ MV BILL: 'A GENTE TEM A PIOR POLÍTICA DE GOVERNO PARA O PIOR MOMENTO' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL