5 fatos de Peaky Blinders totalmente diferentes da gangue da vida real [LISTA]

Nem sempre as séries de televisão refletem a realidade, mesmo em uma adaptação de fatos reais

Redação Publicado em 17/07/2020, às 13h43

None
Peaky Blinders da vida real (Foto: West Midlands Police / Wikicommons CC2)

Os Peaky Blinders eram gângster que se espalhavam pelo Reino Unido, munidos de sangue quente, atitude e violência. Saíam impunes de todos os crimes, e laceravam qualquer um que os contradissessem com navalhas atas às boinas… Ou será que não?

Peaky Blinders, série de televisão, conta a história de uma gangue real. Mas, como é comum na literatura e nas telas, a trama fantasiou alguns acontecimentos históricos para deixar tudo um pouco mais interessante, como mostrou o Esquire.

+++ LEIA MAIS: Jason Statham perdeu papel de Tommy em Peaky Blinders por causa de uma mensagem de texto

Separamos, abaixo, 5 fatos que Peaky Blinders, a série, alterou sobre os Peaky Blinders, a gangue britânica.

Vida Real

Peaky Blinders foi inspirada num acontecimento da vida do pai de Steven Knight, e numa história contada por ele para o filho, como revelou o criador ao HistoryExtra: 

“Uma das histórias que me fez muito querer escrever Peaky Blinders foi contada pelo meu pai. Disse que quando tinha uns oito ou nove anos, o pai dele deu um bilhete e mandou: ‘vai e entrega para seus tios.’ Os tios dele eram os Sheldons, que viraram os Shelbys.

+++ LEIA MAIS: Peaky Blinders sofrerá com coronavírus - e Tommy Shelby será afetado; entenda

Gângster da pesada

Os Shelby nunca existiram, de verdade, mas Billy Kimber e Darby Sabini, sim. O primeiro era agente de apostas, e depois, empresário. Embora na série tenha morrido pelos Shelby, na vida real foi asilo, aos 63. Sabini era seu rival, e inspirou diversas histórias de gangue - como Brighton Rock. 

+++ LEIA MAIS: Cena de Peaky Blinders vira meme perfeito para resumir vida em família da quarentena

Sem lâminas

Os Peaky Blinders usavam boina, sim, mas não costuravam navalhas às abas, como mostra a série. As lâminas, na verdade, só chegaram ao Reino Unido depois da Guerra, e eram muito caras. Os gangster preferiam machucar pessoas com cintos e sapatos com ponteiras de ferro.

Muita prisão

Ao contrário da série, os Peaky Blinders reais eram presos o tempo todo. Há vários registros de crimes na internet, de livros da polícia: em 1904, David Taylor, então com 13 anos, foi preso por porte de arma; no mesmo ano, Henry Fowler e Ernest Haynes foram presos por roubar uma bicicleta, e Stephen McNickle por roubar uma loja.

+++ LEIA MAIS:Fã de Peaky Blinders, David Bowie recebeu um presente de Cillian Murphy

O fim

Knight já sabe o fim da série: assim que soarem as sirenes inconfundíveis da Segunda Guerra Mundial. Na vida real, os Peaky Blinders também acabou lá pelos anos 1930 - mas não necessariamente ambos acontecimentos estão ligados. É um bom artíficio temporal, porém

+++ 15 HISTÓRIAS INACREDITÁVEIS (E REAIS) DE OZZY OSBOURNE