5 projetos incríveis de Tarantino que nunca saíram do papel - mas deveriam ter [LISTA]

O diretor garante que vai encerrar a carreira nos cinemas após o décimo filme, ou seja, depois do próximo

Redação Publicado em 20/01/2020, às 17h01

None
uploads/tarantino-charles_sykes-invision-ap.jpg

Não foi apenas uma vez que Quentin Trantino prometeu encerrar a carreira no cinema após completar 10 filmes lançados. Com a chegada de Era Uma Vez Em Hollywood, chegamos à marca do 9º longa. Ou seja: caso ele cumpra com a promessa, teremos o prazer de ver apenas mais uma vez de forma inédita as palavras "Escrito e Dirigido Por Quentin Tarantino".

+++Leia mais: Brad Pitt diz que Tarantino é a única pessoa "que precisa de cocaína para ficar calada"

Sabemos que o grand finale não deve sair tão cedo, afinal de contas, o cineasta já revelou que antes de começar a trabalhar no próximo filme, pretende terminar vários outros projetos já iniciado.

Mas com o fim cada vez mais próximo, começam a surgir especulações e teorias sobre qual pode ser o projeto escolhido para encerrar uma grandiosa trajetória marcada por ótimos filmes banhados a muito sangue e excelentes diálogos. 

+++Leia mais: Tarantino conta qual o ator favorito dele com quem nunca trabalhou

Com isso em mente, decidimos olhar para trás e selecionar os filmes mais interessantes aos quais Tarantino já demonstrou interesse em fazer ao longo dos anos, mas nunca de fato concretizou a ideia.

Star Trek

O cineasta norte-americano entrou no fim de 2017 para a suposta equipe que trabalharia no projeto. A nova aventura da lendária franquia sci-fi até chegou a repercutir, como a informação de que seria para maiores de 18 anos e até mesmo a descrição de "Pulp Fiction no espaço".

+++Leia mais: Roteiro de Tarantino para Star Trek seria uma mistura de Pulp Fiction com Vingadores: Ultimato, diz site

Infelizmente o longa, que contaria também com a participação de J.J. Abrams, com quem o diretor de Kill Bill trabalharia na parte criativa, não deve sair do papel, como disse o próprio Tarantino em uma entrevista ao Consequence of Sound em dezembro do ano passado: "Estou me distanciando do Star Trek, mas ainda não tive uma conversa oficial com os caras".


Kill Bill Vol.3

Há pouco tempo, em dezembro de 2019, Tarantino contou que tem uma ideia "realmente interessante" para um possível terceiro filme da saga da Noiva, também conhecida como Beatrix Kiddo, Mamba Negra ou, para alguns, Mamãe.

+++Leia mais: Kill Bill, Rambo e Pulp Fiction: os 7 filmes mais sangrentos já produzidos [LISTA]

Esse talvez seja o filme desta lista com maior chance de ser concretizado, pois Tarantino também falou recentemente que ele e Uma Thurman, estrela do dois filmes lançados em 2004, têm conversado sobre o assunto.

Além disso, que não acharia incrível ele finalizar a carreira com um 3º banho de sangue para encerrar a história?


Double V Vega

Nessa ideia interessantíssima, Tarantino juntaria em uma única aventura dois personagens de dois filmes distintos, mas que no universo maior e mais complexo no qual os longas dele habitam, esses personagens são irmãos.

+++Leia mais: Quentin Tarantino pode entrar para a história do cinema no Oscar 2020; entenda

E els são Vic Vega, tabém conhecido como Mr. Blonde, interpretado por Michael Madsen em Cães de Aluguel, e Vincent Vega, vivido por John Travolta em Pulp Fiction

O enredo se passaria antes dos dois longas em questão, durante uma época em que Vincent morava em Amsterdã e tomava conta de uma das baladas de Marcellus, quando então o irmão Vic decide visitá-lo.

Mas no fim das contas, e infelizmente, Tarantino achou que os atores já estavam velhos demais para interpretarem versões bem mais jovens dos personages.


John Brown

Em 2009, durante a aparição como convidado no programa Charlie Rose Show, o diretor contou que gostaria de fazer uma cinebiografia de John Brown, abolicionista que lutou durante a década de 1850 pelo fim da escravidão.

Brown chegou inclusive a colocar em prática e liderar ações armadas com o objetivo de abolir a escravidão nos EUA. Em 1856, comandou o Massacre de Pottawatomie, no Kansas, no qual cinco pessoas foram mortas. Tarantino até chegou a dizer que ele é "o meu americano favorito que já viveu".

+++Leia mais: Os 3 melhores filmes de 2019, segundo Quentin Tarantino

Apesar de ser uma jogada ousada encerrar a trajetória com uma cinebiografia, é seguro dizer que, com base nos acontecimentos que cercaram a vida dessa figura histórica, o cineasta acertaria em cheio, além de ele mesmo ter dito que esse seria um projeto que guardaria para o fim da carreira.


Killer Crow

Após o lançamento de Bastardos Inglórios (2009) e Django Livre (2013), Tarantino chegou a considerar um terceiro filme nessa pegada que insere fatos surreais e ficcionais a cenários e momentos reais da história. É aí que entraria em ação Killer Crow.

+++Leia mais: Qual princesa da Disney é a favorita de Quentin Tarantino?

O longa contaria a história de soldados negros dos Estados Unidos, durante a época da Segunda Guerra Mundial, que seriam "fodid** pelo exército americano e começariam a cometer loucuras", como por exemplo se vingar de quem passou a perna nele. Em outras palavras: "matar um monte de soldados e oficiais brancos em uma base militar".


 +++ MELHORES DISCOS BRASILEIROS DE 2019 (PARTE 1), SEGUNDO A ROLLING STONE BRASIL