5 vezes em que amamos o Bojack Horseman (e 5 vezes em que o odiamos)

Carismático ou egoísta? Amável ou detestável? Listamos todos os momentos em que amamos e, ao mesmo tempo, odiamos o astro de Horsin' Around

Redação Publicado em 04/04/2020, às 15h00

None
BoJack Horseman (Foto: Reprodução / Netflix)

Bojack Horsemanchegou ao fim em janeiro de 2020 após seis longos anos. Escrita por Raphael Bob-Waksberg e produzida pela gigante do streaming, Netflix, a série ficou marcada por acompanhar a história de um dos personagens mais icônicos - e complexos - de animações dos últimos dez anos. 

+++ LEIA MAIS: Fim de Bojack Horseman força desfecho vazio depois de examinar tão bem os traumas humanos (e equinos) [ANÁLISE]

Com um cavalo antropomorfo de meia-idade como peça principal, Bojack Horseman foi um espelho para o público ao lidar com os impulsos e traumas tão humanos. É claro que, com isso, momentos em que amamos e, ao mesmo tempo, o odiamos foram comuns. Ao pensar nisso, com base no Screen Rant, separamos as 5 vezes em que o carisma do personagem nos cativou - e às vezes que o narcisismo dele estragou com tudo. Veja abaixo: 

+++ LEIA MAIS: Os 8 momentos mais tristes de Bojack Horseman, série adorada da Netflix [LISTA]

Amamos: Quando ele cuidou do bebê cavalo-marinho 

Em Fish Out Of Water, Bojack passa por várias aventuras subaquáticas em um dos episódios mais tocantes da série - que inclui uma adoção temporária de um cavalo-marinho bebê. No registro, podemos ver um momento humanizado do personagem e a preocupação dele pela segurança do bebê. 


Odiamos: O que aconteceu no Novo México 

Durante a segunda temporada, Bojack passa um tempo hospedado na casa da amiga Charlotte e, infelizmente, ele comete um dos atos mais problemáticos - e desprezíveis - da série. Quando o astro de Horsin' Around tenta se aproximar romanticamente de Charlotte, ele é rejeitado, e, com isso, tenta se envolver com a filha adolescente dela, Penny. 


Amamos: Bojack ser o irmão de Hollyhock

Na quarta temporada, BoJack conhece a meia-irmã, Hollyhock. Inicialmente, o personagem acha ela é filha dele. No entanto, Bojack descobre que Hollyhock é a filha do próprio pai, Butterscotch, e da empregada, Henrietta. A personagem foi levada para adoção pela mãe de BoJack, Beatrice.


Odiamos: Descobrir que Bojack esperou 17 minutos para procurar ajuda e salvar Sarah Lynn

Essa é a atitude mais imperdoável de Bojack. No episódio Too Much, Man!, Bojack encoraja Sarah Lynn a abandonar a sobriedade, o que resulta em na morte trágica da personagem. Na sexta temporada, a extensão do envolvimento de Bojack na morte de Lynn é revelada e descobrimos que ele a deixou sozinha durante 17 minutos antes dela morrer a caminho do hospital por uma overdose. 


Amamos: Os traumas de infância 

Apesar de todas as coisas ruins, não é difícil sentir pena de Bojack. O cavalo teve uma infância terrível e foi muito negligenciado por pais abusivos, Butterscotch e Beatrice. Principalmente pela mãe, que, em particular, é retratada como uma personagem muito cruel e que atormentou emocionalmente o filho ao longo da vida.


Odiamos: Bojack sabotou a Opera Rock de Todd

Todd é um dos personagens mais puros de BoJack Horseman, mas nem ele consegue escapar da toxidade de Bojack. Logo na primeira temporada vemos o personagem sabotar a promissora ópera de rock de Todd ao manipulá-lo para voltar a um antigo vício: jogar vídeogame. Assim, Todd não conseguiria finalizar o projeto e continuaria fracassado.

Quando Todd descobre, ele finalmente começa a se distanciar de Bojack - isso, inclusive, foi a melhor rumo que o personagem tomou. 


Amamos: Quando o fantasma de Bojack ligou para Diane

Uma das relações mais fortes de Bojack dentro da série é a amizade com Diane. Ao longo dos episódios, inclusive, chegamos a nos questionar várias vezes se os dois um dia ficariam juntos. 

Na sexta temporada, em The View From Halfway Down, Bojack faz uma ligação imaginária e assustadora para Diane durante a experiência quase morte. A ligação termina com Bojack perguntando a Diane como havia sido o dia dela. Apesar de complexo, a capacidade de Bojack de amar é uma qualidade quase redentora e que dificulta os fãs o odiarem de verdade. 


Odiamos: Quando Bojack demite a Princess Carolyn 

Relação de longa data, BoJack viveu altos e baixos com Princess Carolyn e, independente de qualquer coisa, ela jamais o abandonou. Porém, em determinado momento, Bojack a demite na terceira temporada após uma grande briga. 


Amamos: Quando o Bojack chorou 

Durante as filmagens de Secretariat, Kelsey luta para fazer com que BoJack chore em frente às câmeras. O astro se recusa a demonstrar os próprios sentimentos até que Kelsey toca em em um detalhe que havia sido pontuado pela mãe dele em episódios anteriores. Com isso, Bojack sai rapidamente do set e começa a chorar em uma muito cena comovente. 


Odiamos: Quando Bojack traiu a confiança de Herb 

Herb foi responsável pelo sucesso de BoJack em Horsin 'Around, mas ao longo dos episódios, os fãs descobrem BoJack deu as costas para Herb e permitiu com que ele fosse demitido do programa após ter assumido ser homossexual. 

Tempo depois, BoJack tenta retomar o relacionamento com Herb depois de descobrir que ele havia sido diagnósticado com de câncer terminal, mas ele se recusa a perdoar o cavalo.

+++ LEIA MAIS: BoJack Horseman, Big Mouth e mais: 6 séries de animação adulta na Netflix [LISTA]

 


+++ TRAVIS SCOTT: O HYPE EM TORNO DELE REALMENTE FAZ SENTIDO?