5 vilões da Marvel que odiamos amar: De Loki a Thanos [LISTA]

Fora das telas, alguns vilões são tão populares quanto os heróis

Julia Harumi Morita Publicado em 30/06/2021, às 09h20

None
Tom Hiddleston em Loki (Foto: Reprodução via IMDb)

Apesar de planejarem a derrota do próprio irmão, incitarem brigas entre heróis poderosos e ameaçarem a humanidade, alguns vilões são tão populares quanto os mocinhos fora das telas, seja por causa do carisma ou por causa da excelente performance dos atores.

A prova disso é Loki, que ganhou uma série de seis capítulos no Disney+, os quais são disponibilizados todas as quartas-feiras. Pensando nisso, listamos cinco vilões da Marvel que odiamos amar. Confira:

Loki

Vamos começar com o Deus da Trapaça (Tom Hiddleston), o qual começou como antagonista de Thor (Chris Hemsworth), mas conquistou os fãs com o humor irônico e o jeitinho pilantra dele, cheio de truques inusitados. Além disso, o personagem se tornou cativante pela complexidade, afinal, Loki também possui boas intenções.


Zemo

Zemo (Daniel Bühl) não teve fama imediata como Loki, mas foi um dos grandes destaques de Falcão e o Soldado Invernal (2021). Na série, o vilão mostra melhor o lado bem-humorado, as artimanhas e, claro, os passos de dança dele.


Erik Killmonger

Erik Killmonger (Michael B. Jordan) apareceu apenas em Pantera Negra (2018), mas se tornou um dos favoritos do público. Com traumas comoventes e motivações compreensíveis, o vilão virou tema de discussões sobre a forma como atingiu os objetivos dele.


Ego, o planeta vivo

Ao contrário dos personagens anteriores, Ego (Kurt Russell) se apresentou como um mocinho, mas logo foi desmascarado como um poderoso vilão com o desejo de recriar o universo, deixando apenas ele e o filho Peter Quill vivos.


Thanos

A lista não estaria completa sem Thanos (Josh Brolin). Falem bem ou falem mal, Thanos é um dos vilões mais populares e importantes do MCU, capaz de influenciar o rumo dos maiores heróis e da própria franquia. Como Killmonger, o vilão tinha um objetivo compreensível, tirar o universo da pobreza, mas errou na forma de conquistá-lo.


+++ OS 5 DISCOS ESSENCIAIS DE BOB DYLAN | ROLLING STONE BRASIL