6 monstros aterrorizantes desperdiçados em filmes horríveis [LISTA]

Nem sempre a produção como um todo consegue fazer jus à criatividade com a qual a criatura antagonista foi criada

Redação Publicado em 12/07/2020, às 18h00

None
Pumpkinhead e Gingerdead (Fotos: Reprodução)

Filmes de terror estão, junto com a comédia, no topo da lista dos gêneros cinematográficos com mais chances de dar errado. O que queremos dizer com isso? Que assim como o humor, um susto ou a construção de uma atmosfera hostil e assustadora não é tarefa fácil, e se não for muito bem lapidada, pode resultar no fracasso completo da produção.

Existem, contudo, longas de terror que apesar de errarem em praticamente tudo que é necessário para um bom filme, acertam em cheio na criação do ser monstruoso e deformado que vai caçar os protagonistas.

Seja com aparências medonhas meticulosamente montadas em figurinos impressionantes e maquiagens realistas, ou com uma boa história de origem, selecionamos seis das nove criaturas apontadas pelo WhatCulture Horror como as mais assustadoras, mas desperdiçadas em filmes horríveis.


Blob - A Bolha Assassina (1958)

Após a queda de um meteoro na Terra, uma bolha gigante de sangue vaga faminta por uma cidade. O alimento dela? Se você chutou "humanos", acertou.

A gosma cresce a cada refeição, e acaba do tamanho de prédios. Apesar de não ser nem de perto a criatura que mais assusta pela aparência dessa lista, o fato de ser algo inanimado representado de forma tão consciente consegue gerar o medo nos espectadores. 


The Creeping Terror (1964)

Produzido muito antes do aperfeiçoamento da tecnologia hoje disponível para efeitos especiais, a criatura maligna que se arrasta pelas ruas tem um visual claramente datado, mas os elementos que a compõe resultam em um ser estranhamente grotesco.

Corpo longo e fino, como uma michoca cósmica, coberto em folhas e cipós, além de tentáculos que saem do topo daquilo que pode ser chamado de cabeça. Uma soma nada típica, com um resultado surpreendentemente assustador.


House Of The Dead: O Filme (2003)

Castillo Sermano é o antagonista desse filme completamente cliche e desinteressante. Como um ex-padre espanhol banido do país após conduzir experimentos considerados "não naturais", ele volta... com sede de vingança, é claro.

O personagem é o caso perfeito de um trabalho exemplar da equipe de maquiagem, que montou uma aparência desconcertante para Sermano: um rosto explicitamente costura com pele das vítimas. Mas como se não bastasse, alguns dos pedaços costurados aparecem soltos, de forma a expor a carne que deveria estar coberta pelos remendos.  


A Vingança do Diabo (1988)

Talvez o mais assustador de todos os personagens listados aqui. O Pumpkinhead, ou "cabeça de abóbora", é uma criatura montada com cuidado e criatividade exemplares pela equipe responsável.

Tudo nessa monstruosidade é aparovante: a pele enrugada, a altura, o rosto deformado, o formato da cebeça, os braços e pernas finos e longos, a falta de carne que resulta na saliência dos ossos, os gritos e, claro, a vontade incontrolável de matar.

A concepção de Pumpkinhead é uma aula na criação de criaturas para filmes de terror. Uma pena que o resto da produção se mostre tão sem inspiração. 


The Gingerdead Man (2006)

Gingerdead não podia ficar de fora dessa lista simplesmente por ser uma criatura bizarra criada a partir de algo tão inocente e saboroso como um biscoito de gengibre.

O caráter absurdamente surreal, além da feição perturbadora e psicopata estampada no rosto desse monstro sádico o torna digno de ser considerado um potencial desperdiçado.


O Robô Alienígena (1953)

Ro-man nada mais é que um alien que toma a forma de um gorila com um capacete espacial. Apesar de não ser assustador à primeira vista, o que torna essa criatura intimidadora é a própria falta de resolução desse filme antigo.

O medo aqui vem do fato de ser claramente uma fantasia enorme com um capacete que esconde o verdadeiro rosto de quem está lá dentro. Somado à qualidade das produções da época, e você tem um ser que não encessariamente de aterroriza, mas que te deixa desconfortável.


+++ RAEL | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO