As 6 músicas mais amadas - e inesquecíveis - da carreira pós-Beatles de George Harrison [LISTA]

Músico completaria 78 anos nesta quinta, 25

Redação Publicado em 25/02/2021, às 14h45

None
George Harrison (Foto: AP)

George Harrison completaria 78 anos nesta quinta, 25 de fevereiro. O lendário guitarrista dos Beatles morreu em decorrência de um câncer no pulmão em novembro de 2001 - e desde então, deixou muitas saudades. 

Ídolo em composição, Harrison construiu um legado inconfundível na história da música com canções fascinantes. O guitarrista certamente não será esquecido tão cedo e continuará influenciando músicos de várias gerações. 

+++LEIA MAIS: Site lista todas músicas dos Beatles cantadas por George Harrison, disco a disco

Para relembrar o melhor do ex-Beatle nesta data, listamos as 6 músicas mais amadas e inesquecíveis da carreira solo de George Harrison, isto é, sem contar as canções escritas para os Beatles

As escolhas foram feitas a partir de uma análise das melhores composições e criações da carreira pós-Beatles e também a partir do número de streams nas plataformas digitais, que indicam as preferências do público na hora de ouvir as canções. 

+++ LEIA MAIS: George Harrison tentou ‘se livrar’ de 'Something' antes de gravar a música com os Beatles?


+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes


"Give Me Love (Give Me Peace On Earth)" – Living In The Material World (1973)

Em 1973, Harrisonoptou por abordagens mais minimalistas após começar a se autoproduzir. "Give Me Love (Give Me Peace On Earth)", do disco de 1973, Living In The Material World, representa esta fase com magnificência. A faixa acústica e intimista é apoiada por uma banda bastante minimalista e conta com um dos lirismos mais vívidos de todos os tempos. 

+++ LEIA MAIS: Violino, LSD e deportação: 8 fatos curiosos sobre George Harrison, guitarrista dos Beatles [LISTA]


"When We Was Fab" – Cloud Nine (1987)

O disco Cloud Nine de George Harrison, de 1987, também é um projeto repleto de complexidade musical. "When We Was Fab", faixa do álbum e uma retrospectiva sobre o tempo com os Beatles, é absolutamente reconfortante. Co-escrito e produzido por Jeff Lynne, as letras e as técnicas de produção da canção foram projetadas para inserir nostalgia do apogeu dos Fab Four.

+++LEIA MAIS: Por que George Harrison não recebeu o título de cavaleiro da realeza britânica como Paul McCartney e Ringo Starr?


"Got My Mind Set On You" – Cloud Nine (1987)

Um dos maiores sucessos da carreira de Harrisonpós-Beatles, "Got My Mind Set On You", é uma música contagiosamente cativante, que conta com incríveis resultados de produção e composição. A faixa é a segunda mais ouvida do compositor no Spotify com quase 100 milhões de streams. 

+++ LEIA MAIS: Por que John Lennon não se preocupou com a saída de George Harrison dos Beatles?


"What Is Life" – All Things Must Pass (1970)

Assim como as outras canções de All Things Must Pass (1970), primeiro disco pós-Beatles, "What is Life" é uma obra de arte de Harrison. A música é uma representação do incrível estilo de composição do guitarrista - e apresenta uma melodia inesquecível, e certamente não poderia ficar fora da lista. 

Muito bem-recebida e amada pelo público, "What is Life", atualmente, é a terceira música mais ouvida no Spotify do guitarrista. 

+++LEIA MAIS: Beatles: Como foi o último encontro entre George Harrison e Paul McCartney?


"My Sweet Lord" – All Things Must Pass (1970)

"My Sweet Lord" é uma faixa complexa e profunda - um convite para conhecer e entender a espiritualidade do músico. Na totalidade, a música representa e expressa esta espiritualidade única de Harrison. A canção é referência em composição e musicalidade. Atualmente, é a mais ouvida do compositor no Spotify, com mais de 272 milhões de streams.

++++LEIA MAIS: George Harrison não se 'sentiu culpado' por plagiar música; entenda


"All Things Must Pass" – All Things Must Pass (1970)

"All Things Must Pass" não é apenas uma das melhores composições de George Harrison, mas é, simplesmente, uma das melhores músicas de todos os tempos. A faixa é uma viagem assustadora, fascinante e incrível por alguns dos mais belos lirismos, produções e composições lançadas pelo guitarrista.

A música representa a grandiosidade das composições de George Harrison e como ele era incrivelmente bom - com um talento incomparável. "All Things Must Pass" é uma referência para muitos compositores e uma paixão inexplicável para muitos fãs. 


+++ KANT: 'AQUELES QUE NOS DÃO MAIS ATENÇÃO SÃO OS QUE MAIS CRITICAM' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL