As 6 séries mais caras do Amazon Prime Video: de The Boys a The Man In The High Castle

Streaming já coleciona produções de grande escala e orçamento

Redação Publicado em 27/09/2020, às 12h00

None
The Boys (Foto: Reprodução/Amazon Prime Video) e The Man In The High Castle (Foto: Reprodução/Amazon Prime Video)

O Amazon Prime Video é um serviço de streaming relativamente recente em comparação com a concorrente Netflix, mas isso não impede a plataforma de ter diversas produções de sucesso - e para isso, é preciso gastar e investir bastante dinheiro nas séries e filmes.

Foram divulgados os custos de diversas séries do Prime Video, como The Boys, The Man In The High Castle, entre outros. Porém, orçamentos de produções como Upload, Good Omens e Carnival Row não foram divulgados ao público.

+++LEIA MAIS: The Boys terá série derivada com adolescentes poderosos e classificação +18; conheça

Veja abaixo as 6 séries mais caras do Amazon Prime Video (via Screen Rant). 


The Grand Tour (2016): US$ 9 milhões por episódio

A série de televisão britânica Top Gear é um dos programas da BBC de maior sucesso de toda história da emissora, tanto que possui um Guinness World Record de o "programa de televisão factual mais assistido", por conta de uma audiência mundial de aproximadamente US$ 350 milhões.

Quando Jeremy Clarkson, Jason Dawe, Richard Hammond e James May, principais apresentadores do programa, deixaram a produção, a Amazon aproveitou a deixa para contratá-los para uma série sobre veículos motorizados ao melhor estilo Top Gear possível.


Goliath (2016): US$ 10 milhões por episódio

Estrelado por Billy Bob Thornton, de Fargo, Goliath gira em torno do advogado Billy McBride com uma reputação manchada em busca de redenção em um sistema legal bem corrupto. De acordo com o Screen Rant, a primeira temporada foi o seriado mais insano da plataforma, o que provavelmente teve um papel importante na continuação até agora, mesmo com custos tão altos.


The Boys (2019): US$ 10 milhões por episódio

Nos dias de hoje, The Boys é, sem sombra de dúvidas, um dos maiores sucessos do Amazon Prime Video. O elenco inclui alguns grandes nomes como Karl Urban, e qualquer um que tenha visto o seriado deve ter percebido computações gráficas de extrema qualidade e uma produção muito bem feita.

Assim como os filmes de heróis da Marvel e DC, satirizados por The Boys, o orçamento vai às alturas por conta do uso (e abuso) de CGI.


The Man In The High Castle (2015): US$ 10 milhões por episódio

Por muito tempo, quando foi lançada, principalmente, The Man In The High Castle foi a série de destaque do streaming. O seriado se passa em um mundo distópico alternativo, no qual os EUA e Aliados perderam a Segunda Guerra Mundial, que então foi conquistada pela Alemanha Nazista e Japão.

O conceito foi considerado bastante interessante pelo público e pela crítica, o suficiente para a Amazon continuá-la por 4 temporadas inteiras, mas cancelá-la.

A primeira temporada custou US$ 72 milhões ao serviço para ser produzida e a segunda US$ 107 milhões. Ou seja, pode-se presumir com segurança que as últimas temporadas não foram das mais baratas.


Crisis In Six Scenes (2016): US$ 13 milhões por episódio

Com mais de 50 filmes feitos ao longo de uma carreira de anos, Woody Allen é um dos diretores que ganhou mais destaque em Hollywood.

Os envolvidos tiveram a infelicidade da Amazon pagar muito dinheiro a um diretor de alto perfil e uma cantora pop gigante, no caso a Miley Cyrus, e esperar uma série de TV de sucesso.

No final das contas, Crisis In Six Scenes provou ser um fracasso total em termos de público e crítica.


O Senhor dos Anéis (sem data definida): Orçamento total de US$ 1 bilhão

Sem contar com o status de uma franquia de filmes que faturaram milhões e milhões de dólares - e ainda com um dos fãs mais leais do mundo e várias indicações ao Oscar -, O Senhor dos Anéis é uma das séries literárias - e adaptações aos cinemas - mais icônicas já criadas.

A Amazon comprou os direitos em 2017 por incríveis US$ 250 milhões e, de acordo com os termos do acordo, cinco temporadas serão produzidas desta série, a qual se passará ante sdos livros e filmes.

Já o orçamento foi relatado em ser de US$ 1 bilhão. Segundo o Screen Rant, isso indica que a Amazon faz de tudo para tentar criar a série mais épica já feita, embora ainda não se veja ou se saiba o quão bem-recebida ela realmente será.


+++ MANU GAVASSI: 'SE A MÚSICA SÓ FOR UMA FÓRMULA, É VAZIA E NÃO EMOCIONA' | ENTREVISTA ROLLING STONE