7 atitudes de Dave Grohl que provam como ele é o cara mais legal do rock

O vocalista do Foo Fighters completa 51 anos nesta terça, 14

Redação Publicado em 14/01/2020, às 17h39 - Atualizado às 18h07

None
Dave Grohl (Foto: Greg Allen/AP)

Nesta terça, 14, Dave Grohl completa 51 anos. O músico, vocalista do Foo Fighters e ex-baterista do Nirvana, já vivenciou diversos momentos icônicos, lembrados pelos fãs para celebrar o aniversário de Grohl.

+++ LEIA MAIS: Novo disco do Foo Fighters está “estranho para c******,” diz Dave Grohl

O músico, considerado o cara mais legal do rock, não deixou uma perna quebrada impedir de terminar um show e já colaborou com diversas gravações de outras bandas. Confira os 7 melhores momentos de Dave Grohl com o Foo Fighters.

Convidado para participação em álbuns

Apesar de ser vocalista de uma das maiores - e mais ocupadas - bandas do mundo, o vocalista do Foo Fighters sempre está disponível para outros projetos. Dave Grohl já tocou bateria para gravações da Killing Joke, Tenacious D, Garbage e Nine Inch Nails, além do nomeado ao Grammy Songs for the Deaf, do Queens of the Stone Age.

+++LEIA MAIS: Por que Dave Grohl não tem contas pessoais em redes sociais?


Não deixou perna quebrada interromper show

Em 2015, durante show em Estocolmo, Grohl quebrou a perna ao cair do palco na segunda música. Apesar do acontecimento, o vocalista completou o show - e o resto da turnê - enfaixado e sentado em uma cadeira. Depois de finalizar as apresentações, Grohl realizou a cirurgia na perna.


Se afirmou como o homem mais desajeitado do rock

Em 2019, Dave Grohl levou outro tombo no palco, após tentar beber - sem as mãos - uma lata inteira de cerveja de um dos espectadores do show. O músico derramou o líquido nos auto-falantes e caiu ao tentar voltar ao palco. Desta vez, Grohl não quebrou ossos ou teve que realizar cirurgia.

+++ LEIA MAIS: Dave Grohl até hoje se emociona com música dos Beatles tocada no funeral de Kurt Cobain 


Foi headliner do festival Glastonbury

Devido à cirurgia realizada por Grohl após quebrar a perna, o Foo Fighters teve que cancelar a apresentação no Glastonbury, em 2015. A banda foi imediatamente convidada para tocar no festival em 2017, ocupando a função de headliner em uma noite de sábado.


Enganou a Igreja Westboro Baptist

Em 2011, antes de um show no Kansas, o Foo Fighters descobriu que membros da Igreja Westboro Baptist iriam protestar contra "a indústria do entretenimento dessa nação condenada" em frente ao local da apresentação. Em resposta, a banda se vestiu de caipira e tocou na frente dos manifestantes - inicialmente felizes por acharem que seria uma apresentação de apoio.

No entanto, a banda começou a cantar “hot man muffins” e irritou os apoiadores da igreja, que perceberam se tratar de uma trollagem. 

+++LEIA MAIS: “Somos rock de pai”, diz Dave Grohl sobre Foo Fighters


Zombar dos VIP's

Dave Grohl gosta de zombar de pessoas em posições maiores que outras, inclusive nos shows do próprio Foo Fighters. Em uma apresentação, ele criticou os espectadores nos box seats, espaço separados da plateia: "Eles possuem concessionárias de carros e estão lá em cima. Eu sei quem você é, você tem uma empresa de limpeza de carpetes. Entendi. Você conseguiu ingressos do time de hóquei ou algo assim, está tudo bem”, ele gritou para os VIPs.

O músico continuou: "Só para vocês saberem, eu vou balançar suas bolas de merda tão forte quanto daqueles filhos da p**** [...] É assim que eu faço".


Habilidade de zombar de si mesmo

Dave Grohl tem habilidade de zombar de si mesmo. No vídeo "Learn to Fly", a banda fez uma  paródia do filme Airplane! na qual o vocalista do Foo Fighters usa diversas roupas ridículas. Mais tarde, após quebrar a perna e ter que apresentar os shows sentado, o músico também caçoou da situação ao compartilhar o desenho de um trono diferenciado para a próxima turnê.


+++ CORUJA BC1: 'FAÇO MÚSICA PARA SER ATEMPORAL E MATAR A MINHA PRÓPRIA MORTE'