7 curiosidade sobre o corpo de Geralt de The Witcher: imortalidade e genes mutantes [LISTA]

O físico de Geralt de Rivia, interpretado por Henry Cavill, chamou a atenção do público com músculos e cicatrizes

Redação Publicado em 07/01/2020, às 18h41 - Atualizado às 19h08

None
Henry Cavill em The Witcher (Foto: Reprodução)

Geralt de Rivia, protagonista da série da NetflixThe Witcher interpretado por Henry Cavill, chamou a atenção do público pelo corpo musculoso. No entanto, a aparência física do personagem tem características bem pensadas pela produção, e necessitou sacrifícios.

+++ LEIA MAIS: Diretora de The Witcher revela final alternativo da 1ª temporada

A determinação de Cavill para com a produção é um dos exemplos. Para ter a aparência necessária para as filmagens de The Witcher, o ator precisou manter os exercícios mais do que em dia. 

Além disso, cada parte do corpo de Geralt foi pensada, como por exemplo as cicatrizes. Confira sete curiosidades sobre o corpo do protagonista de The Witcher:

Henry Cavill precisou desidratar

Além dos exercícios diários - mesmo após filmagens de 12 horas - Henry Cavillprecisou fazer sacrifícios para ter o corpo desejado pelos produtores em cena que Geralt de Rivia aparece com Yennefer na banheira. O ator precisou desidratar para que seus músculos ficassem mais visíveis nas filmagens.

+++ LEIA MAIS: The Witcher: livro que deu origem à série entra para a lista dos mais vendidos 27 anos depois do lançamento


Imortalidade

Com cerca de 100 anos, Geralt de Rivia segue a característica comum dos bruxos quando se trata da imortalidade, já que não pode morrer por causas naturais. No entanto, o protagonista, assim como os outros personagens mágicos, precisa tomar cuidado com monstros e outros bruxos.


Genes mutantes

Apesar de ter nascido como humano, Geralt passou pelo julgamento dos bruxos para tornar-se um deles. Com isso, o personagem adquiriu genes mutantes, fato que proporciona uma característica única ao corpo do protagonista: manter sua condição física por décadas.

+++LEIA MAIS: The Witcher: o que você precisa saber sobre a segunda temporada da série da Netflix


É mais poderoso que outros bruxos

Apesar dos bruxos serem naturalmente guerreiros, Geralt tem dons que superam o de seus similares. Isso é consequência do fato de precisar quebrar e reconstruir seus genes, mas principalmente por ter mostrado maior tolerância às mutações, realizando mais mudanças genéticas e se tornando mais poderoso.    


Não fica doente

As habilidades de cura do protagonista são extremamente eficazes e rápidas, e tornam o corpo do bruxo protegido de infecções e doenças. Apesar de não poder ser atacado por enfermidades comuns, Geralt de Rivia pode ficar incapacitado por feitiços e outros ataques mágicos.

+++LEIA MAIS: The Witcher: o que você precisa saber sobre a segunda temporada da série da Netflix


Não tem pigmento

Uma das características do protagonista é a palidez. No entanto, ela é mais acentuada, já que Geralt não possui pigmento algum. Para se tornar bruxo, ele precisou quebrar seu corpo no nível genético para ser reconstruído com habilidades superiores. Isso fez com que tivesse mais força e velocidade à medida que perdia a pigmentação da pele e cabelo.


Todas as cicatrizes têm significado

Na famosa cena da banheira o público viu como o corpo de Geralt é cheio de cicatrizes. Todas as marcas são consideradas pelo protagonista lembranças dos monstros que ele prometeu matar ou até das torturas por seres humanos. As cicatrizes do abdômen e coxa, por exemplo, são de uma batalha com nekkers. No pescoço, a marca é decorrente de uma striga. 


+++ CORUJA BC1: 'FAÇO MÚSICA PARA SER ATEMPORAL E MATAR A MINHA PRÓPRIA MORTE'