Affairs, spoilers e rivalidades: 7 curiosidades da trilogia clássica de Star Wars [LISTA]

A trilogia clássica é cheia de detalhes interessantes por trás das câmeras, e alguns foram revelados apenas recentemente

Vinicius Santos Publicado em 08/12/2019, às 17h00

None
Darth Vader (foto: Reprodução / Lucasfilm)

Star Wars se tornou uma das maiores e mais influentes franquias da cultura pop. Uma Nova Esperança inovou no cinema com o enredo simples, porém cativante, e inaugurou a era dos blockbusters, além de trazer atenção e relevância para o gênero das Space Operas, antes vistas apenas como um subproduto clichê da ficção científica.

Mais fascinante ainda do que o sucesso de Star Wars são as curiosidade por trás das câmeras, principalmente na primeira trilogia. A franquia sofreu com spoilers antes mesmo do termo existir, casos amorosos antigos que só foram revelados recentemente e elementos da história que deveriam ser completamente diferentes.

+++LEIA MAIS: Star Wars: A Ascensão Skywalker mostrará novos poderes da Força, diz J.J. Abrams

E agora, em antecipação a estreia Star Wars: A Ascensão Skywalker, listamos algumas curiosidades dos bastidores que tem histórias tão interessantes quanto as narrativas que conquistaram o cinema.


David Prowse quase "spoilou” a grande revelação de O Império Contra-Ataca


David Prowse
era o ator que vestia a roupa de Darth Vader (enquanto James Earl Jones fazia a icônica voz do vilão), e teve um relacionamento complicado com George Lucas ao longo dos anos. Tão complicado que ele foi banido de qualquer convenção de Star Wars por ter vazado detalhes do roteiro de O Império Contra-Ataca (1980).

+++LEIA MAIS: Por que o bebê Yoda de The Mandalorian é tão fofo? A ciência explica

Durante uma sessão de autógrafos Prowse mandou uma frase para os fãs que perguntavam que até parece um spoiler premeditado de tão destrutiva: “Pai não pode matar filho, filho não pode matar pai.”

 Depois do vacilo, George Lucas supostamente alterou a história e instruiu o restante do elenco a não divulgar qualquer detalhe sobre as sequências.


Boba Fett teria um papel muito maior em O Retorno de Jedi


O plano inicial de George Lucas era que o caçador de recompensas Boba Fett fosse o grande vilão de O Retorno de Jedi (1983), e o filme seria completamente centrado no resgate de Han Solo. 

+++ LEIA MAIS: Star Wars: os dez momentos mais marcantes da franquia

Porém, o cineasta percebeu que alongar essa parte da história resultaria em mais dois filmes para concluir a trama, então a solução foi o final tragicômico de Fett na boca do Sarlacc, o predador do deserto de Tatooine.

Relembre a morte de Boba Fett abaixo:


Mesmo com a morte engraçada e quase sem falas, a figura de Boba Fett ganhou o apreço dos fãs, de tal forma que, para ressaltar a imagem do personagem, foi criada toda uma história do planeta natal e povo dele: os mandalorianos, que hoje em dia aparecem em destaque na série  The Mandalorian, da  Disney +.


Algum membro do elenco deu um grande Spoiler de O Retorno de Jedi… E ninguém sabe quem foi


Pois é, alguém vazou que Darth Vader iria morrer para salvar Luke no final de O Retorno de Jedi. Todas as suspeitas foram para aquele que já possuía os antecedentes, David Prowse, mas ele já estava há muito sendo isolado dos detalhes da trama, e até recebia diálogos falsos para as gravações, já que ele seria dublado posteriormente por James Earl Jones.

Mesmo assim, o diretor responsável pelo longa, Richard Marquand, e todo mundo na Lucasfilm acreditava que Prowse era novamente o culpado, mesmo que o ator sequer recebesse roteiros completos. No fim, não se sabe ao certo quem vazou a informação até hoje.


Carrie Fisher e Harrison Ford tiveram um caso durante as filmagens

Lançado dois meses após a morte de Carrie Fisher em 2016, o compilado Memórias da Princesa: Os Diários de Carrie Fisher revelou que a atriz teve um caso com Harrison Ford, 14 anos mais velho que ela e já casado na época com a ilustradora e chef de cozinha Mary Marquardt.

+++ LEIA MAIS: Mestre Yoda quase foi interpretado por um macaco; veja as fotos 

Os diários que atriz que interpretou a princesa Leia manteve durante as filmagens da trilogia clássica, e ela detalha como o ambiente majoritariamente masculino a oprimia e também diz que o affair com Ford durou três meses. Ela descreve o intérprete de Han Solo como emocionalmente distante e reprimido, e sobre como Fisher criou expectativas de que ele iria se divorciar para ficar com ela.


C3P-O não se dava bem com R2D2… Os atores que interpretavam eles, pelo menos


Kenny Baker,
o intérprete de R2D2 e Anthony Daniels, o C3PO, realmente tinham a relação meio amarga e traiçoeira dos personagens longe das câmeras. Pode-se até dizer que Daniels praticou bullying com Baker, já que chamava ele de “pequenino” e recusava interagir com o resto do elenco.


Mark Hamill só soube que Darth Vader era pai do Luke momentos antes de filmar a icônica cena


David Prowse ainda acreditava que a grande revelação de Império Contra-Ataca seria que Obi-Wan matou o pai de Luke, e não a relação paterna do herói com Darth Vader. Essa ilusão precisava ser mantida. Então Mark Hamill soube a verdade apenas momentos antes de gravar o diálogo icônico. Apenas George Lucas, o diretor Irvin Kershner e o roteirista Lawrence Kasdan sabiam disso. 


Harrison Ford queria que Han Solo morresse já na trilogia clássica


O ex-Indiana Jones acreditava que a morte de Han Solo durante o processo de congelamento em carbonita era essencial para dar impacto dramático a Império Contra-Ataca. Demorou, mas Han veio a morrer de verdade em  Star Wars: O Despertar da Força (2015), e foi até mais dramático que a ideia original.


+++ SCALENE SOBRE RESPIRO: 'UM PASSO PARA TRÁS, RESPIRAR E VER AS COISAS DE UMA FORMA NOVA'