7 filmes adolescentes inspirados em clássicos da literatura [LISTA]

Descubra quais as obras inspiraram sucessos teen, de 10 Coisas Que Eu Odeio em Você até Você Nem Imagina

Mariana Rodrigues | @marigues_ (com supervisão de Julia Harumi Morita) Publicado em 28/02/2021, às 16h00

None
10 Coisas Que Eu Odeio em Você e As Patricinhas de Beverly Hills (Fotos: Divulgação / Disney + / Paramount Pictures)

Apesar de não existir uma fórmula para fazer um grande filme, não tem como negar que alguns clichês inspiraram verdadeiros sucessos adolescentes há muitos anos. Triângulos amorosos, mudanças de visual e fofocas são apenas alguns dos elementos típicos dessas histórias, mas engana-se quem vê isso como uma característica dos tempos modernos. 

Muito pelo contrário, antes mesmo do cinema existir, os escritores já se utilizavam dessas tramas para construir clássicos da literatura. Anos depois, filmes como 10 Coisas Que Eu Odeio em Você (1999) e As Patricinhas de Beverly Hills (1995) aproveitaram o enredo de obras famosas de William Shakespeare e Jane Austen para criar histórias amadas pelo público jovem até os dias atuais. 

+++ LEIA MAIS: Solteiro no carnaval? 4 filmes de amor adolescente para não se sentir tão sozinho [LISTA]

Para matar a curiosidade, descubra quais são alguns dos filmes adolescentes inspirados por grandes clássicos da literatura:


10 Coisas Que Eu Odeio em Você (1999)

Um dos clássicos da Sessão da Tarde, 10 Coisas Que Eu Odeio em Você(1999) é baseado na peça A Megera Domada, de Shakespeare. Seguindo a mesma ideia da obra original, a trama gira em torno de Bianca(Larisa Oleynik), uma adolescente do ensino médio em busca de um namorado. 

No entanto, maior empecilho dela é a regra estabelecida pelo pai protetor: Bianca só pode ter um relacionamento quando a irmã mais velha, Kat (Julia Stiles), namorar também. Na tentativa de driblar o pai, a caçula conta com a ajuda de Cameron (Joseph Gordon-Levitt) para convencer o valentão Patrick (Heath Ledger) a conquistar irmã dela. (Foto: Divulgação / Disney +)

+++ LEIA MAIS: Já maratonou Bridgerton? Veja 5 produções de romance igualmente viciantes na Netflix


As Patricinhas de Beverly Hills (1995)

As Patricinhas de Beverly Hills (Foto: Divulgação / Paramount Pictures)

Nessa versão moderna de Emma, livro de Jane Austen, a jovem casamenteira é Cher Horowitz (Alicia Silverstone), uma rica patricinha de Los Angeles. Assim como no livro, Cher fica ainda mais popular no colégio após ajudar dois professores a se apaixonarem um pelo outro.

Mas os elementos da obra original não param por aí. No filme, a protagonista auxilia a novata Tai (Brittany Murphy) a se encaixar na escola e conseguir um namorado. Mas Cher e Tai acabam se apaixonando pelo mesmo garoto. (Foto: Divulgação / Paramount Pictures)

+++ LEIA MAIS: Elenco de As Patricinhas de Beverly Hills se reúne depois de 19 anos


Ela É Demais (1999)

Ela É Demais (Foto: Divulgação / Miramax Films)

O filme de 1999 é apenas uma das produções inspiradas na famosa peça Pigmalião, de George Bernard Shaw. No enredo original, dois amigos fazem uma aposta: um deles terá de transformar uma pobre vendedora de flores em uma dama da alta sociedade. (Foto: Divulgação / Miramax Films)

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes

O longa segue a mesma premissa, mas com uma trama no ensino médio. Após terminar um relacionamento, o popular Zack (Freddie Prinze, Jr.) faz de tudo para transformar a desajeitada Laney (Rachael Leigh Cook) na rainha do baile da escola, a fim de mostrar para a ex-namorada que a superou. 

+++ LEIA MAIS: 8 romances incríveis e subestimados para assistir na Netflix


Ela É o Cara (2006)

Ela É o Cara (Foto: Divulgação / Dreamworks Distribution)

Ela É o Cara (2006) inspira-se na obra de ShakespeareNoite de Reis, tanto na trama, quanto nos nomes dos personagens. No filme, Viola (Amanda Bynes) se passa pelo irmão gêmeo Sebastian (James Kirk) para conseguir uma vaga no time de futebol da escola.

A produção também conta com um triângulo amoroso: Viola se apaixona por Duke(Channing Tatum), melhor amigo do irmão dela; enquanto Olivia (Laura Ramsey) - a garota por quem Duke é apaixonado - começa a se interessar por Viola enquanto ela finge ser Sebastian. (Foto: Divulgação / Dreamworks Distribution)

+++ LEIA MAIS: 4 comédias românticas subestimadas para assistir na Netflix [LISTA]


Meu Namorado É Um Zumbi (2013)

Meu Namorado É Um Zumbi (Foto: Divulgação / Summit Entertainment)

Meu Namorado É Um Zumbi (2013) é apenas um dos longas inspirados pelo clássico Romeu e Julieta, também de Shakespeare. Ambientado em um cenário apocalíptico, conta a história de R (Nicholas Hoult), um jovem zumbi sem memórias da vida antes de ser transformado. 

Enquanto vaga pela cidade, acidentalmente conhece Julie (Teresa Palmer), uma garota viva. Os dois se apaixonam enquanto lutam para se proteger de outros zumbis, mas, por conta das diferenças, jamais poderiam ficar juntos de verdade. Mesmo assim, JulieR como alguém do bem e faz de tudo para mostrar isso aos outros. (Foto: Divulgação / Summit Entertainment)


Você Nem Imagina (2020)

Você Nem Imagina (Foto: Divulgação / Netflix)

Sucesso da Netflix, Você Nem Imagina (2020) também aproveitou um enredo muito utilizado em filmes adolescentes, baseando-se na peça Cyrano de Bergerac do escritor francês  Edmond Rostand. Na obra, o protagonista conta com a ajuda de um amigo para conquistar a mulher amada a cortejando com palavras bonitas.

No longa, Ellie Chu (Leah Lewis) é quem ajuda Paul (Daniel Diemer) a conquistar Aster (Alexxis Lemire) com cartas e mensagens para a garota. No entanto, Ellie esconde um segredo do amigo: ela também está apaixonada por Aster. (Foto: Divulgação / Netflix)

+++ LEIA MAIS: 7 filmes de comédia romântica originais Netflix para assistir


+++ KANT: 'AQUELES QUE NOS DÃO MAIS ATENÇÃO SÃO OS QUE MAIS CRITICAM' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL