7 piores atitudes de Daenerys Targaryen em Game of Thrones: de incesto a assassinatos

A Rainha dos Dragões se tornou uma personagem egoísta e bem impulsiva na série

Redação Publicado em 29/01/2020, às 19h09

None
Daenerys Targaryen (Foto: Reprodução)

Daenerys começou em Game of Thrones como uma das figuras mais poderosas e adoradas da série. Durante as oito temporadas, o público acompanhou a jornada da Targaryen

Apesar da herdeira ter tido atos considerados pela audiência como heróicos, a personagem também teve atitudes terríveis.

+++LEIA MAIS: Emilia Clarke ainda se diz chateada e não entende as reações ao final de Game of Thrones

De usar pessoas a incendiar uma cidade inteira, a Rainha dos Dragões não poupou ninguém e se mostrou muito egoísta e impulsiva.

O site ScreenRant selecionou as sete piores atitudes de Daenerys na série. Confira a lista:


Incesto

Daenerys descobre que ela e Jon são parentes e, mesmo assim, isso não impede a Rainha de sugerir que os dois fingissem não terem a mesma linhagem e continuarem o relacionamento.

+++ LEIA MAIS: Vestido de Daenerys mostrava a transformação da personagem em Game of Thrones, revela figurinista


Destruição de Porto Real

Depois da vitória em Winterfell, a Rainha dos DragõesJon SnowTyrion e o exército viajaram para Porto Real a fim de conquistar a capital dos Sete Reinos. Mesmo com a rendição de Cersei, a Targaryen não recuou e atacou a cidade com os dragões e o exército. No processo, soldados já rendidos e até mulheres e crianças indefesas foram mortas.

+++ LEIA MAIS: Jon Snow sabia do plano de Daenerys para destruir Porto Real no final de Game of Thrones, revela cena deletada


Abandonou Jorah

O fiel escudeiro da Rainha não teve uma chance de redenção. Depois de um tempo, Daenerys enviou Jorah para o exílio. 

+++LEIA MAIS: Personagens de Game of Thrones são recriadas como princesas da Disney


Acreditou no grupo dos Treze

No começo da série, a Rainha abaixou a guarda e confiou no grupo dos Treze em troca de riqueza e conforto. No entanto, o episódio apenas resultou na prisão dos dragões dela.

+++ LEIA MAIS: Game of Thrones nunca resolveu a história de Daenerys com os feiticeiros de Qarth; entenda


Prendeu os dragões

Em um dos momentos mais tristes da série, a Targaryen prendeu os dragões que considerava como filhos - e isso em uma caverna escura. Dragões são criaturas livres e Daenerys ignorou isso.

+++LEIA MAIS: Final de Game of Thrones: maior medo de Emília Clarke era o ódio de Beyoncé


Ignorar o exército dos mortos

Daenerys ignorou uma das principais ameaças da série: o exército dos mortos. Isso porque ela não confiou no conselheiro Jon Snow e preferiu focar em outros assuntos.

+++ LISTA: Além de Game Of Thrones: 9 filmes e séries no catálogo da Netflix com cenas de sexo explícitas 


Executou Randyll e Dickon Tarly

Em vez de seguir os caminhos de salvadora estabelecidos na primeira temporada, Daenerys começa a governar a partir do medo dos seguidores. Em um ato impulsivo, ela mata Randyll e Dickon Tarly, dois herdeiros de casas importantes de Westeros.

+++LEIA MAIS: Astro de Game of Thrones revela que série gravou um final alternativo; entenda


+++ MELHORES DISCOS BRASILEIROS DE 2019 (PARTE 2), SEGUNDO A ROLLING STONE BRASIL